Fotografo: Fabiano Rocha / O Globo
...
O secretário estadual de Saúde do Rio de Janeiro, Fernando Ferry, anunciou que vai pedir demissão

O secretário estadual de Saúde do Rio de Janeiro, Fernando Ferry, anunciou que vai pedir demissão do cargo nesta segunda-feira (22). Ele ficou à frente da pasta por pouco mais de um mês.
 
Em vídeo, ele afirmou: "Hoje estou pedindo exoneração do meu cargo de secretário de Estado de Saúde do Rio de Janeiro. Queria dizer que eu tentei. Eu agradeço ao governador por ter me dado esta oportunidade de tentar resolver estes graves problemas que estamos vendo na saúde. Eu só queria dizer mais uma coisa: peço desculpas à população". 
 
Ferry é diretor-geral do Hospital Universitário Gaffrée e Guinle, da Unirio (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro), e assumiu a secretaria após escândalos envolvendo a gestão anterior de Edmar Santos.
 
A pasta é alvo de operações da Polícia Federal e do Ministério Público, que investigam suspeita de corrupção em contratos de emergência no estado.
 
O ex-secretário de saúde do RJ se envolveu em uma polêmica no início deste mês ao classificar o trabalho na pasta como "divertido" durante entrevista ao Balanço Geral do Rio de Janeiro. Em seguida, Ferry pediu desculpas e declarou que o trabalho é divertido no sentido pessoal.
 
Segundo informações da Record TV Rio, a secretaria da Saúde será assumida pelo coronel do Corpo de Bombeiros Alex Bousquet. O novo chefe da pasta é especialista em terapia intensiva, foi diretor do Iaserj (Instituto de Assistência dos Servidores do Estado) e trabalhou também como médico de resgate da Petrobras.