Fotografo: Aaquivo
...
Jornalista Eraldo de Freitas (diretor da SBC do Brasil) e autor dos projetos Jornalista Empreendedor e Representante Regional

VALÉRIA SIQUEIRA/DF

A Rede SBC do Brasil (www.sbcbrasil.com.br) acaba de lançar um novo projeto para atender jornalistas nas 27 capitais e nas cidades polos de cada estado brasileiro. Ela é a pioneira no Brasil em lançamento de projeto que ajuda os profissionais da imprensa no mercado de trabalho. O primeiro projeto bem sucedido foi o "Jornalista Empreendedor" lançado em 20/04/2008 que possibilita o profissional ter o seu próprio portal de notícias, desta forma, centenas deles passaram a trabalhar por conta própria em sua cidade, na sua região ou no seu estado. Hoje a empresa procura firmar parcerias com instituições de créditos (seja privada ou pública) para financiar seus micros empreendedores do ramo da comunicação.

JORNALISTA REPRESENTANTE - A ideia surgiu diante das dificuldades de contratações por parte das empresas de comunicação em todos os estados brasileiros, além disso, com o crescimento da "Rede SBC" no país, a direção da empresa decidiu ampliar seus negócios para todas as capitais e grandes cidades brasileiras unindo o útil ao necessário; "Desta forma podemos proporcionar novas oportunidades no mercado de trabalho para nossos profissionais que durante anos militam na profissão com mínimas possibilidades, aqui, ele irá ingressar com enorme chance de crescimento, se um dia ele quiser deixar sua representação, sairá com ampla chance para ingressar no ramo, mas como empresário da comunicação garantia de sucesso.", disse o jornalista e o SEO da SBC, Eraldo de Freitas.

O surgimento do novo projeto "Jornalista Representante", veio graças às centenas de e-mails chegado a mesa da direção da Rede SBC do Brasil, enviados por milhares de jornalistas dos 27 estados do Brasil, pedindo a elaboração de alternativas para criação de parcerias e novas oportunidades no mercado de trabalho, alguma coisa que proporcionasse a eles, rendas para subsidiarem suas famílias, em face das dificuldades de contratações mercado.

Diante disso, o presidente da Rede SBC do Brasil, o jornalista Eraldo de Freitas (que se trata de um empresário que atua no no ramo já há 25 anos, bastante sensível às causas sociais da categoria), ao ler a cartinha de um colega nordestino, dizendo que é jornalista diplomado, ter trabalhado em vários canais de TVs e nos maiores jornais de circulação da sua capital, havia sido demitido há nove meses e há 20 dias estava com a sua energia suspensa. "Hoje graças ao avanço tecnológico, há dez anos nós, juntamente com a afiliada SBCW - Desenvolvedora web já possibilitou a qualquer jornalista ter o seu site em menos de três horas, no mesmo nível tecnológico dos gigantes portais como G1, Folha de SP e outros de renomes em que o jornalista, poderá se cadastrar e no mesmo dia começar a trabalhar por conta própria, saindo do vermelho ou deste estado de humilhação imposto pela crise no ramo", disse o Freitas.

"Talvez gerir um portal de notícias, nem todos os colegas possuem o dom de gestor em comunicação e negociação publicitária na área da comunicação, nem tem estrutura financeira para começar o seu negócio, diante disso, com a cartinha do colega, que preferimos não citar o nome, conversei com toda a minha equipe e meus parceiros, autorizamos o lançamento do Projeto "Jornalista Representante", desta forma, ele possa começar a trabalhar em poucas horas depois que efetivar seu cadastro na rede.", informou.

Como funciona o projeto Jornalista Representante

O novo projeto "Jornalista Represente" lançado pela rede consiste na atuação do exercício da profissão como jornalista normalmente e na gestão de negociação publicitária.

Segundo um dos diretores da empresa, Flávio França, que, para ser um jornalista representante é necessário ser diplomado em Comunicação Social/Jornalismo; Disse que, "o jornalista faz o seu cadastro, validamos o, ele fará um treinamento online nas duas áreas que vai atuar como representante, no que se refere ao Depto de jornalismo e no Comercial com a prospecção e negociação de mídias publicitárias públicas e privadas a serem veiculadas na rede", explica.

Contou ainda o diretor que, nos dias de hoje, é indispensável que todo bom profissional desenvolva o seu lado adormecido na área de negociações, aquele que nunca aprende vender seus serviços é impossível fazer uma carreira de sucesso.

DOS GANHOS

Em relação aos ganhos, o jornalista representante será "quase" um sócio da empresa nos rendimentos da Representação, oriundos da sua gestão, ele perceberá 40% (Quarenta por cento) do Faturamento líquido da representação sobre tudo o que ele negociar e receber de órgãos públicos e empresas privadas.

O OFÍCIO

Na qualidade de "Jornalista Representante", o profissional não vai abandonar a sua carreira, "o jornalista vai ter a responsabilidade de produzir pelo menos uma matéria por dia de próprio cunho, além disso, postar na rede os conteúdos oriundos das Assessorias de imprensa dos futuros parceiros a serem prospectados. Estar presente em todas as coletivas a serem realizadas pelos futuros parceiros.", explica.

As atribuições do jornalista representante em sua cidade:

1 - Ele (a) atuará como gestor de "Comunicação" e "Negócios publicitários"

a) Vai lidar com as postagens de matérias recebidas das Assessorias de órgãos públicos produzidos pelas Secons das prefeituras, Câmaras Municipais, Assembleia Legislativa e do Governo do seu Estado e as postará na Rede SBC do Brasil.

b) Devido os ganhos de o Jornalista Representante ser de 40% sobre o seu faturamento líquidos negociados e recebidos dos órgãos públicos, este deve se comprometer e responsabilizar-se-á em produzir no mínimo uma (01) matéria de caráter jornalístico de sua autoria por dia (úteis) e postá-la na SBC do Brasil.

b) Devido os ganhos de o Jornalista Representante ser de 40% sobre o seu faturamento líquidos negociados e recebidos dos órgãos públicos, este deve se comprometer se responsabilizar em produzir no mínimo uma (01) matéria de caráter jornalístico de sua autoria por dia (úteis) e postá-la na SBC do Brasil.

MÍDIAS PÚBLICAS

2 - GESTOR DE MÍDIAS PÚBLICAS

a) O jornalista ficará responsável pela gestão e as negociações de Mídias Públicas junto às secretarias de comunicação das prefeituras, Câmaras Municipais, Assembleia Legislativa e do Governo do seu Estado.

PARTICIPAÇÃO FINANCEIRA

3) O ‘Jornalista Representante’ vai perceber 40% (Quarenta cento) sobre o seu faturamento líquido (negociado e recebido) dos órgãos públicos mensalmente.

O jornalista representante receberá treinamentos (online e via telefone), material de trabalho da empresa e todo acompanhamento da Assessoria Técnica em todo momento que se fizer necessário para desenvolver uma gestão com eficiência.

Para fazer contatos com a empresa, o jornalista poderá ligar na Administração Regional em Mato Grosso nos números 

CADASTRE-SE AGORA MESMO

Fones Contatos
VIVO (65) 9966-5664
TIM (65) 8141-1633/WhatSapp 
CLARO (65) 9256-8579
Skype: sbcbrasil
Coml.(65) 3681-0291
Redação (65) 3692-5584
E-mail: comercial@sbcbrasil.com.br
www.sbcbrasil.com.br