Fotografo: Gustavo Duarte
...
O prefeito Emanuel Pinheiro lançou nesta terça-feira (27), o ‘SOS AVC’

O prefeito Emanuel Pinheiro lançou nesta terça-feira (27), o ‘SOS AVC’, projeto inédito em Mato Grosso que coloca Cuiabá entre as maiores referências do país no tratamento de Acidente Vascular Cerebral (AVC).
 
O SOS AVC funcionará exclusivamente no Hospital Municipal São Benedito e, de acordo com Pinheiro, visando dar celeridade desde o processo de diagnóstico ao tratamento, pacientes com suspeitas da doença serão diretamente encaminhados via Samu sem a necessidade de passar por unidades de urgência e emergência.
 
“Estamos falando de minutos que podem salvar uma vida no caso dessa grave doença. Dessa forma, o paciente que passar mal em sua casa e o Samu atestar que pode se tratar de um AVC, será imediatamente trazido para o Hospital São Benedito, sem que haja a necessidade de primeiro dar a entrada no Pronto Socorro ou em qualquer outra unidade de urgência e emergência da Capital”, explicou o prefeito.
 
De acordo com o especialista em neurocirurgia e um dos idealizadores do projeto, Dr. Wilson Novaes, a celeridade do SOS AVC aumenta em 92% as chances de sobrevivência do paciente.  “O AVC é a segunda causa de morte no Brasil, isso porque os sintomas são silenciosos e evoluem para morte se não forem diagnosticados e tratados rapidamente. Por esta razão, o fato de o paciente ser diretamente direcionado para o Hospital São Benedito onde haverá equipe preparada e equipada para lidar com a doença, aumentará em 92% as chances de sobrevivência deste paciente”, frisou Novaes enfatizando que a agilidade também reduz em no mínimo 50% os riscos de sequelas graves.
 
Para o presidente da AAVCC – Associação do Acidente Vascular Cerebral de Cuiabá, Orlando Serafim Oliveira, que foi vítima de AVC e ficou com sequelas graves, essa é uma terça-feira histórica. “Se o doutor Wilson disse que essa data é importante para ele, imagine para nós, vítimas de AVC. Quero agradecer ao prefeito por ter se solidarizado com a nossa causa. Sei que poucos conhecem a AAVCC, mas nós somos uma das poucas associações no Brasil voltadas para o AVC e a única no Brasil que presta serviço de reabilitação para pacientes. Depois de sete anos sem sair de férias, minha esposa me pressionou para eu tirar férias. Dormi e no dia seguinte meus planos mudaram: eu tive o AVC de manhã. Se fosse hoje com certeza eu não estaria com essas sequelas, pois naquela época eu fui socorrido a tempo, mas não tinha neurologista, não tinha tomografia. Precisaram buscar um neurologista em um hospital particular. Então, prefeito, espero que com a criação do SOS AVC sejam definitivamente evitadas mortes e seqüelas por AVC. Pois este é o meu desejo para este dia histórico”, enfatizou emocionado.
 
De acordo com o diretor geral Alexandre Beloto, com a habilitação do projeto, Cuiabá também se tornará referência no atendimento de cirurgias por hemodinâmica. “O prefeito Emanuel está verdadeiramente mudando a página da saúde em Cuiabá, pois além de humanizarmos completamente os atendimentos em AVC, o projeto nos credencia para realizar outros atendimentos com o equipamento de hemodinâmica e põe fim a outro grande anseio da população mato-grossense”, completou. 
 
Conforme o secretário de saúde de Cuiabá, Luiz Antônio Possas de Carvalho, a gestão está atuado para ser excelência também no pós-tratamento aos atendidos no SOS AVC. “Estamos atuando firme no projeto de humanização determinado pelo prefeito e nosso objetivo é que o Centro Especializado em Reabilitação (CER) seja entregue até o fim da gestão. Ele será a sequência do SOS AVC, para que possamos restabelecer a coordenação motora com tratamentos modernos para toda a população que precisar passar por tratamento de reabilitação”, finalizou.