Fundada aos 14 de abril de 2006 pelo Jornalista Eraldo de Freitas - E-mails: redacao@sbcbrasil.com.br

Cidadão Repórter

(65)9966-5664
Várzea Grande(DF), Segunda-Feira, 18 de Janeiro de 2021 - 13:23
13/01/2021 as 09:21:10 | Por GD | 163
Mendes sanciona lei que autoriza troca do VLT por BRT
O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB) entrou com duas ações pedindo a anulação da medida.
Fotografo: Mayke Toscano/Secom
Mendes sanciona lei que autoriza troca do VLT por BRT

O governador Mauro Mendes (DEM) sancionou a lei aprovada pela Assembleia Legislativa (AL) que autoriza a troca do veículo leve sobre trilhos (VLT) pelo Bus Rapid Transit (BRT). Na prática, o governo poderá alterar o contrato junto à Caixa Econômica para financiar o BRT.
 
Apesar da sanção da lei, que foi publicada no Diário Oficial de terça-feira (12), o caso está longe de acabar. O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB) entrou com duas ações pedindo a anulação da medida.
 
Além disso, a troca ainda não foi autorizada pelo Ministério do Desenvolvimento Regional, que intermedia as discussões sobre o tema no governo federal.
 
Criado para a Copa do Mundo de 2014, o VLT começou suas obras em 2012, mas está parado desde 2014. Segundo o governador, a troca pelo BRT é necessária por causa da inviabilidade do modal.
 
No entanto, Emanuel Pinheiro alega que Cuiabá e Várzea Grande não foram consultadas sobre a mudança que irá afetar diretamente a população dos dois municípios. Também cresce um movimento na Câmara de Cuiabá para estudar o projeto de Mauro antes de permitir que se faça alterações na cidade.
 
A proposta de Mendes é trazer ônibus elétricos chineses para modernizar a mobilidade urbana na Grande Cuiabá. Os veículos seriam utilizados nas grandes avenidas, com corredor exclusivo para agilizar o trânsito. (Com informações da assessoria)




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil