Fotografo: Eraldo de Freitas
...
Empresário Flávio da Frical teve candidatura homologada rumo a prefeitura de Várzea Grande

Eraldo de Freitas
 
O momento tão esperado por parte daqueles que não querem mais a gestão Jayme Campos governando no poder (hoje representada por 67% da população) chega mais próxima do fim, uma era de sofrimento de um povo já perdura por mais de 30 anos, sendo sujeitado de um pouco, até que em fim, um novo líder ganha força na cidade, falo do empresário Flávio da Frical, que foi lançado no ano passado por amigos, empresariado que também não engolia mais os campos governando Várzea Grande.  
 
Uma grande multidão de várzea-grandenses foi às dependências do antigo Tênis Clube, para prestigiar a homologação da candidatura do grande empresário Flávio Vargas (proprietário do Frigorífico Frical há mais de 30 na cidade), que entrou na disputa eleitoral para derrotar nas urnas, a oligarquia de Jayme Campos, Vargas vai para disputa com 13 partidos do seu lado, com o apoio do deputado Max Russi, dezenas de grandes empresários, para representar a população no paço municipal, época em que a população colocará FIM a ERA Campos no Poder.
 
Desde janeiro a população vinha ansiosa para saber quem teria a intrepidez para enfrentar o grupo dos Campos nas urnas, (grupo político que vem entronizado, mandando na cidade há mais de 30 anos), vale salientar que o paço municipal sempre foi ocupado por alguém que eles quisessem ou eleito por eles. Em 2014 a população fez o primeiro ensaio para arrancá-los do poder, primeiramente, Lucimar Campos foi derrotada pelo médico e ex-deputado Wallace Guimarães, no voto a voto, insatisfeitos com a derrota, fizeram uso do poder político e conseguiram afastá-lo em maio de 2015, numa manobra vergonhosa judicialmente, mesmo sabendo que a população não engolia, não queria mais eles governando a cidade, tomaram posse da prefeitura, empossando a esposa do senador Jayme Campos como prefeita, como se fosse patrimônio de sua propriedade; De lá até aqui enganaram a população com a realização de pavimentação asfáltica casa de ovo e muita mídia para calar a boca da imprensa (com o dinheiro do povo), mesmo assim a população não desistiu de arrancá-los do poder.
 
A população está enfadada de ver o grupo de Jayme Campos mandando na cidade, quer alguém que possua vocação pelo o empreendedorismo, pelo social, um homem do tipo visionário, apaixonado pelo industrial para gerar emprego e renda, o povo (mais de 30 mil chefes de família), estão cansados de serem obrigados a ter que atravessar a ponte para buscar o almoço e a janta junto ao empresariado cuiabano para não ver os filhos passando fome, pois, a ERA Campo nunca se preocupou com a geração de emprego e renda para este povo sofrido. Permitiram que todas as grandes indústrias deixassem a cidade.
 
"Estou cansada de votar nos Campos e naqueles outorgados por eles, que colocam na prefeitura de garganta abaixo para o povo votar, apenas para segurar suas falcatruas, a nossa cidade está um lixo, não temos emprego na cidade, e só temos notícias, de que tal senador comprou fazenda tal e mais fazendas, jatinhos de milionários, milhares de cabeça de gado de raça, e são detentores de um império que o salário deles é incompatível, jamais justifica com o tamanho do patrimônio que possuem! Infelizmente a nossa Justiça é Cega e não tem coragem de fazer nada! Ou será que somente este tal Jayme Campos é quem sabe administrar bens, melhor do que todos nós empresários várzea-grandenses juntos?", “chuta o balde”, uma empresária várzea-grandense que se fez presente na Convenção do PSB, que homologou Flávio Vargas para disputar à prefeitura de Várzea Grande. A entrevistada falou bastante, porém, não diferente das demais, pediu para ter sua identidade resguardada, temendo retaliações políticas e fiscais em sua empresa por parte dos “capachos” de Jayme Campos. Segundo ela até político já foi morto por causa dessa ambição de poder.
 
FLÁVIO FRICAL - KALIL E EMANUELZINHO
 
Flávio Vargas e o coronel Zilmar vão enfrentar nas ruas e nas urnas Kalil Baracat (candidato homologado pelo MDB, ele foi vereador, porém amargou por quatro anos seguidos, o ranking de pior vereador atuante da daquela legislatura), avalizado pelos democratas de Jayme Campos, tem como seu vice-prefeito José Hazama; Por outro lado vem o deputado federal Emanuelzinho e Wiltinho de vice; o Emanuelzinho atravessou a ponte com sua mudança para Várzea Grande há poucos dias, ele enfrentará o desgaste do pai que é prefeito de Cuiabá e candidato a reeleição, fez uma razoável gestão, porém, enfrenta um processo judicial por crime de propina, crime este que ficou conhecido no Brasil e fora daqui, como a Propina do Paletó. Com já dia meus avós “filhinho de peixe, peixinho é”. 
 
Estatísticas nacionais revelam que, 78% dos brasileiros, dos mato-grossenses e dos várzea-grandenses não aceitam mais votar de forma nenhuma em pessoas envolvidas com algum tipo de crime. Vamos aguardar o andamento das propostas dos postulantes à prefeitura, e ver como vai se comportar os eleitores na hora de votar.
 
O Flávio Vargas já conta com dezenas de grandes empresários da cidade te apoiando, eles lutam por uma cidade melhor face seus investimentos feitos aqui, precisam que seus bens investidos, voltem a valorizar, cobram energia mais robusta com redundância para tocar suas empresas funcionando, necessitam de abundância de água com qualidade, (até por que estamos na maior bacia pantaneira do planeta), saneamento básico que a cidade não possui e nem conseguiu resolver em 30 anos, querem um Distrito Industrial decente, eficiente e equipado tecnologicamente, precisam de malhas viárias de qualidade, logística de forma em geral, uma cidade com uma economia forte, alguém que lutem pelo corredor de escoação da produção gerida aqui para exportação da produção agrícola. Notam se que, se não surgir um político novo e visionário com esta filosofia, a tendência é Várzea Grande perder o restinho do empresariado que ainda acredita que um dia Várzea Grande possa voltar a crescer economicamente.  E tudo isso, se vê e se encontra nos sonhos e nos desejos e nas propostas do pré-candidato Flávio da Frical.