Fotografo: Ângelo Varela/ALMT
...
Eduardo Botelho, presidente da Assembleia Legislativa de MT

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado Eduardo Botelho (DEM), afirmou nesta terça-feira (14) que está com mais de 50% dos pulmões comprometidos, embora o último exame realizado tenha dado negativo para a Covid-19.
 
“Eu cometi alguns erros e subestimei a doença”, disse ele, que está internado em um hospital particular em São Paulo.
 
A decisão de ir para outro estado, segundo o presidente, é por causa do colapso no sistema de saúde em Mato Grosso.
 
“Pode ser que eu precise de uma UTI e como o sistema em Cuiabá está totalmente colapsado decidi vir para São Paulo. Estou em uma unidade semi-intensiva. O processo é assim mesmo, é difícil, mas espero por minha recuperação e quero voltar para casa”, diz o parlamentar.
 
Ele conta que realizou o primeiro exame no dia 26 de junho. Disse que, como tem sinusite, acreditou que estava tendo uma crise da doença e tomou os remédios que costuma tomar quando sente dor. Após uma semana, resolveu fazer o exame, que deu negativo. “Deu negativo e entendi que era só sinusite e continuei tomando o remédio para sinusite. No sábado senti um arrepio no meu corpo, aí percebi que tinha algo errado. Liguei para o médico e ele me examinou e me pediu uma tomografia, que mostrou um comprometimento de 10% dos pulmões”.
 
Botelho conta que tomou todos os remédios prescritos pelo médico, mas, logo após terminar de tomar, passou a ter febre alta e dores no corpo.
 
“No fim de semana, apareceu febre, calafrios, fiz nova tomografia que detectou que já tinha mais de 50% dos pulmões comprometidos”, disse.