Fundada aos 14 de abril de 2006 pelo Jornalista Eraldo de Freitas - E-mails: redacao@sbcbrasil.com.br

Cidadão Repórter

(65)9966-5664
Várzea Grande(DF), Segunda-Feira, 18 de Janeiro de 2021 - 14:18
12/01/2021 as 09:07:21 | Por O Documento | 256
Cuiabá confirma boa fase, arranca empate com Ponte Preta e se garante em 3º no G4
Com o resultado, o Cuiabá ficou em terceiro lugar, com 55 pontos, três do Juventude, primeiro fora do G-4.
Fotografo: Reprodução Twitter
O Cuiabá confirmou a boa fase contra times paulistas na temporada

O Cuiabá confirmou a boa fase contra times paulistas na temporada ao buscar um empate por 2 a 2 diante da Ponte Preta na noite desta segunda-feira, pela 34ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, em duelo direto na briga pelo acesso. Foram sete jogos, com quatro vitórias, dois empates e apenas uma derrota, esta frente ao Guarani, por 1 a 0.
 
Com o resultado, o Cuiabá ficou em terceiro lugar, com 55 pontos, três do Juventude, primeiro fora do G-4. A Ponte Preta, por outro lado, viu o acesso ficar ainda mais distante. O clube campineiro ficou em sétimo, com 48. O CSA, em quarto, tem 52.
 
Antes, durante e depois do confronto, os jogadores da Ponte Preta não deram entrevista devido aos salários atrasados. A tentativa foi uma forma de pressionar a diretoria.
 
MACACA NA FRENTE!
 
O jogo começou movimentado, com boas chances para ambos os lados. A Ponte Preta acabou sendo mais eficaz e abriu o placar logo aos 24 minutos. Guilherme Pato deu cruzamento perfeito para Bruno Rodrigues, que cabeceou com força. O goleiro João Carlos se atrapalhou e acabou entrando com a bola e tudo.
 
O time campineiro ainda teve a oportunidade com Camilo, que aproveitou a tentativa de Bruno Rodrigues para aparecer na frente de João Carlos. Desta vez, o goleiro fez um milagre com os pés. A resposta foi imediata. Anderson Conceição recebeu dentro da área e parou em Ygor Vinhas. Na sobra, Elton chutou e viu Luizão tirar em cima da linha.
 
Ainda no primeiro tempo, um fato curioso aconteceu no Moisés Lucarelli. O sistema de irrigação do estádio foi acionado e acabou acertando os jogadores. Com o calor em Campinas, apesar do tempo chuvoso, ninguém reclamou e o jogo seguiu normalmente.
 
EMPATE!
 
No segundo tempo, o Cuiabá foi com tudo para cima e precisou de nove minutos para empatar. Marcinho recebeu de Elton e chutou em cima de Felipe Marques. A sobrou voltou para o próprio atacante, que contou com um desvio de Luizão para colocar a bola no fundo das redes.
 
Assim como foi no clássico contra o Guarani, a Ponte Preta recuou e acabou castigada. O gol abalou ainda mais o clube campineiro, que demorou para equilibrar as ações com o Cuiabá. Mas quando conseguiu, marcou. Aos 35 minutos, Yuri colocou a bola na cabeça de Tiago Orobó, que testou como manda o figurino para fazer 2 a 1.
 
A festa da Ponte não durou muito. Aos 39 minutos, Romário fez linda jogada e acionou Jenison. O atacante deixou a marcação para trás e acertou um bonito chute para empatar. Após o gol, o jogo se transformou em ataque contra a defesa.
O Cuiabá foi para cima e, no último lance, Maxwell tropeçou nas próprias pernas, mas chutou e ficou em Ygor Vinhas. O time do Mato Grosso ainda ficou pedindo pênalti de Luizão no lance, mas o árbitro nada deu e encerrou o duelo.
 
PRÓXIMOS JOGOS
 
Na próxima rodada, o Cuiabá enfrenta o Guarani na quinta-feira, às 21h30, na Arena Pantanal, em Cuiabá (MT). No domingo, a Ponte Preta recebe o Náutico, às 16h, no Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).
 
Ficha Técnica
 
Ponte Preta 2 x 2 Cuiabá - 34ª Rodada Série B 
Estádio: Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data e horário: 11 de janeiro de 2021, às 17h30
Árbitro: Marielson Alves Silva (CBF-BA)
Assistentes: Edevan de Oliveira Pereira (CBF-BA) e José Carlos Oliveira dos Santos (CBF-BA)
Gramado: Regular
Cartões amarelos: Eduardo Kunde, Elvis, Lucas Ramon (CUI)
 
GOLS: Bruno Rodrigues (24'/1°T) (1-0), Marcinho (9'/2°T) (1-1), Tiago Orobó (35'/2°T) (2-1), Jenison (39'/2°T) (2-2)
 
PONTE PRETA (Técnico: Fábio Moreno)
 
Ygor; Apodi (Neto, aos 45'/2°T), Luizão, Wellington Carvalho e Guilherme Lazaroni; Barreto, Vinicius Zanocello (Dahwan, aos 33'/2°T) e Camilo (Luan Dias, aos 15'/2°T); Bruno Rodrigues, Guilherme Pato (Tiago Orobó, aos 15'/2°T) e Matheus Peixoto (João Veras, aos 32'/2°T). 
 
CUIABÁ (Técnico: Allan Aal)
 
João Carlos; Lucas Ramon, Edinei, Anderson Conceição e Romário; Auremir, Matheus Barbosa (Elvis, no intervalo) e Rafael Gava (Pierini, aos 26'/2°T); Felipe Marques (Maxwell, aos 25'/2°T), Elton (Jenison, aos 38'/2°T) e Marcinho (Yago, aos 26'/2°T)

 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil