Fotografo: PMMT
...
Acusados Lucas e Karolyne

Eraldo de Freitas

Na tarde desta quarta-feira (18/09), por volta das 14h30, o casal "amigos do alheio" Lucas e Karolyne tentaram subtrair das Lojas Americanas no Cristo Rei, jogo de cama, uma mochila escolar e outros objetos.

Funcionários da empresa, perceberam o furto, acionaram a Polícia Militar  do 25º BPM de Várzea Grande, que rapidamente foi ao encalço dos meliantes, sob orientação do destino tomado pelos mesmos, (quase como sempre a rota da Manga), na localidade a PM deparou com a suspeita Karolyne Karina de Jesus Vieira, na Avenida Jorge Witzac (Bairro da Manga), de posse dos objetos furtados, que se tratavam de forros de cama e uma mochila escolar; perguntada sobre os detalhes de como ocorreu o furto, a Karolyne contou que praticou-o em companhia do seu comparsa Lucas Lenchner da Silva, que levou os policiais até o local onde o mesmo se encontrava, o mesmo foi detido e levou a Polícia Militar ao local onde estava os demais objetos do furtos nas proximidades da própria loja.

O Lucas já se tratava de uma “figurinha” conhecida da Polícia e da Justiça, com passagem Art 155 e no 180; O Art 155 do CP, diz claramente que, "Subtrair, para si ou para outrem, coisa alheia móvel: a Pena - reclusão, de um a quatro anos, e multa. § 1º - A pena aumenta-se de um terço, se o crime é praticado durante o repouso noturno. Art. 180. Adquirir, receber, transportar, conduzir ou ocultar, em proveito próprio ou alheio, coisa que sabe ser produto de crime, ou influir para que terceiro, de boa-fé, a adquira, receba ou oculte: Pena - reclusão, de um a quatro anos, e multa. Não resta dúvidas que Lucas irá colecionar mais 155 no seu currículo criminal, assim como a Karolyne.

Ao ouvi-los, a PM encaminhou o casal de meliantes suspeitos para a Delegacia, onde será apurado o fatos verdadeiros e encaminhados para Justiça, quem dará o verdadeiro destinos do casal suspeitos.