Fotografo: reprodução
...
Alinne Araujo, de 24 anos, teria se jogado de nono andar de um prédio nesta segunda-feira (15)

A influenciadora digital Alinne Araujo, de 24 anos, gravou vários stories antes de cometer suicídio respondendo a "chuva" de críticas que recebeu nas redes sociais após se casar sozinha no último domingo (14). A também estudante de psicologia foi abandonada pelo noivo um dia antes do casamento. 
 
Ela tinha planos de se oficializar a união com o então noivo, Orlando Costa, mas, segundo post feito por ela própria em seu Instagram, o rapaz teria desistido do casamento um dia antes da cerimônia e terminou o relacionamento por mensagem de texto.
 
“Meu noivo simplesmente sumiu. E ele não vai aparecer na minha festa, que já está paga. Então eu vou casar comigo mesma”, confirmou, em vídeo também no domingo.
 
A publicação relatando o abandono recebeu várias críticas. "Só pra ganhar gama, só pode", "Ai filha, conseguiu os seguidores que queria", "biscoiteira" e "carinha de quem aprontou! Estranho o noivo sumir do nada", foram alguns dos comentários. 
 
Nos stories do Instagram, gravados horas antes do suicídio, Alinne Araujo fala que se casar sozinha não teve nada a ver com marketing ou promoção em rede social. 
 
"Eu não precisava de mídia. Não sei de onde vocês tiraram que eu estou querendo fazer marketing, me promover", falou a influenciadora. 
 
Em outro vídeo, ela disse que desejava até que fosse marketing. "Nossa senhora, quisera eu que fosse marketing ou me promover, porque eu não desejo nem ao meu pior inimigo a dor que estou sentindo dentro de mim". 
 
Após o suicídio, os comentários nas publicações da jovem começaram a ter opiniões divergentes. "É incrível como as pessoas preferem acreditar na história contada por um homem do que por uma mulher na condição que ela se encontra", "parabéns aos envolvidos, que comentaram, xingaram e duvidaram dela" e "Todos vocês que desfilaram sua doce de veneno são um pouco responsáveis pelo suicídio desta moça", foram alguns dos últimos comentários em apoio a Alinne.