Fundada aos 14 de abril de 2006 pelo Jornalista Eraldo de Freitas - E-mails: redacao@sbcbrasil.com.br

Cidadão Repórter

(65)9966-5664
Várzea Grande(MT), Segunda-Feira, 14 de Junho de 2021 - 06:57
08/06/2021 as 10:13:04 | Por Assessoria | 219
Ponto utilizado para prática de golpes pela internet é desarticulado pela Polícia Civil
Ponto utilizado para prática de golpes pela internet e consumo de drogas é desarticulado pela Polícia Civil
Fotografo: Polícia Civil-MT
Os suspeitos foram conduzidos a DRE

Um local que funcionava como escritório para golpes cometidos pela internet foi desarticulado pela Polícia Civil, na segunda-feira (07.06), durante checagem de denúncia realizada pelos policiais da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE).
 
As investigações iniciaram após os investigadores receberem diversas informações de uma casa no bairro Novo Paraíso, onde funcionaria uma boca de fumo, com intensa movimentação de usuários e suspeitos monitorados por tornozeleiras eletrônica.
 
Com base nas informações, os policiais da DRE realizaram o monitoramento do local aproveitando o melhor momento para fazer a abordagem de três suspeitos que estavam na casa, sendo encontrado com eles R$ 2,387 em dinheiro, oito aparelhos celulares, uma máquina de cartão e uma motocicleta.
 
Questionados sobre a origem do dinheiro, os suspeitos confessaram se tratar de dinheiro proveniente de golpes aplicados através de sites de compra e venda pela internet. Na casa, também foram encontradas algumas bitucas de cigarros de maconha e porções pequenas de droga para consumo próprio, além de um narguilé, indicando que os suspeitos faziam o consumo de entorpecentes no local.
 
Diante dos fatos, os suspeitos foram conduzidos a DRE onde foram autuados em Termo Circunstanciado de Ocorrência pelo artigo 33, paragrafo 1º, da Lei de Drogas, que tem a previsão de oferecer drogas para todos juntos consumirem.
 
Os crimes de estelionato cometidos pela internet serão encaminhados para a delegacia competente que identificará eventuais vítimas e responsabilizará os suspeitos.




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil