Fundada aos 14 de abril de 2006 pelo Jornalista Eraldo de Freitas - E-mails: redacao@sbcbrasil.com.br

Cidadão Repórter

(65)9966-5664
Várzea Grande(MT), Sábado, 22 de Janeiro de 2022 - 01:37
12/10/2020 as 07:44:15 | Por Greyce Lima |
Policiais militares prendem suspeito por homicídio em Lucas do Rio Verde
O suspeito foi preso e conduzido à Central de Flagrantes.
Fotografo: Ilustrativa/PMMT
O homem foi conduzido à delegacia por homicídio doloso consumado.

Em Lucas do Rio Verde, policiais militares prenderam no sábado(11.10) um homem de 47 anos  por homicídio. O suspeito foi  preso em flagrante na região da Rodoviária, ele alegou que havia esfaqueado o sobrinho, identificado por Geyson Fabrício da Silva, de 36 anos, depois que a vítima arremessou óleo quente nele. 
 
Por volta das 17h30, a Polícia Militar foi acionada via 190 para atender uma ocorrência de homicídio na Rua Pinheiro, no bairro Jardim  Primavera. No local, os policiais foram informados pela equipe do Corpo de Bombeiros Militar de que a vítima havia ido à óbito ainda na residência. 
 
Em diligências, a polícia obteve informações de que o suspeito havia fugido para a região dos hotéis nas proximidades da rodoviária. O homem foi flagrado pela PM  tentando se hospedar em um hotel. Para  a polícia o suspeito alegou que esfaqueou o sobrinho  com uma faca, depois que a vítima agrediu o seu neto, colocou sua filha para fora de casa, e que durante a discussão, o sobrinho arremessou óleo quente em suas costas. 
 
Os policiais constataram que a região das costas do suspeito apresentava vermelhidão e estava suja de gordura. Testemunhas e familiares relataram à PM que já houve registros na polícia de desentendimento anteriores entre vítima e suspeito. 
 
O homem foi conduzido à delegacia por homicídio doloso consumado. A ocorrência foi entregue à Polícia Judiciária Civil. 
 
Serviço
 
A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque - denúncia 0800.65.39.39. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. (Fonte: Greyce Lima, Secom-MT)




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil