Fundada aos 14 de abril de 2006 pelo Jornalista Eraldo de Freitas - E-mails: redacao@sbcbrasil.com.br

Cidadão Repórter

(65)9966-5664
Várzea Grande(MT), Sábado, 28 de Maio de 2022 - 16:42
10/05/2022 as 13:36:58 | Por Raquel Teixeira |
Polícia instaura inquérito para apurar crime de estupro de vulnerável contra adolescente de 13 anos
Informações trazidas pela mãe da menor comprovaram que o suspeito estaria em relação matrimonial com a garota
Fotografo: Polícia Civil-MT
Ele foi encaminhado à delegacia e autuado em flagrante pelo crime de estupro de vulnerável.

A Delegacia da Polícia Civil em Colniza, na região noroeste do estado, instaurou inquérito para apurar o suposto crime de estupro de vulnerável praticado contra uma adolescente de 13 anos. 
 
O suspeito do crime foi detido em flagrante na semana passada, depois de diligências da equipe da Delegacia de Colniza para localizá-lo. 
 
A mãe da vítima procurou a unidade policial e declarou que sua filha estava mantendo uma relação, sem sua autorização, com o suspeito. Informações apresentadas pela mãe comprovaram que o suspeito estaria em relação matrimonial, de modo que o crime de estupro de vulnerável vinha sendo cometido em caráter continuado.
 
Buscas realizadas pela equipe da PM localizaram o suspeito em um sítio de Colniza, na última sexta-feira (06.05), junto com a adolescente. Ele foi encaminhado à delegacia e autuado em flagrante pelo crime de estupro de vulnerável. 
 
Apresentado em audiência de custódia, o suspeito teve o flagrante homologado pela Justiça, contudo, foi concedida liberdade provisória e aplicada medida cautelar com monitoramento por tornozeleira e a determinação de se manter afastado da adolescente. 
 
Ele responderá pelo crime de estupro de vulnerável, previsto no Artigo 217-A, cuja pena é de oito a 15 anos de reclusão.(Raquel Teixeira | Polícia Civil-MT)




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil