Fundado pelo jornalista e CEO, Eraldo de Freitas
Aos 14 de abril de 2006

Fale Conosco
(65)993430927

Várzea Grande(MT), Domingo, 16 de Junho de 2024 - 22:31
Moeda
Dólar - BRL 5.3769
Libra - BRL 6.7935
Euro - BRL 5.7626
Bitcoin - BRL 209250,95

16/11/2023 as 08:26:10 | por Assessoria |

Polícia Civil mira funcionário suspeito de desviar R$ 3,5 milhões de empresa em MT

Funcionário da empresa foi identificado como líder da associação criminosa envolvida nos desvios

Fotografo: Polícia Civil-MT
...
Os mandados são cumpridos nas cidades de Rondonópolis, Campo Verde, Jaciara e Lucas do Rio Verde.
A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá), deflagrou na manhã desta quinta-feira (16.11), a Operação Funcionário do Mês, para cumprimento de 54 ordens judiciais, contra uma associação criminosa envolvida no desvio de mais de R$ 3,5 milhões em peças automotivas.
 
Entre as ordens judiciais estão cinco mandados de prisão preventiva, 18 de busca e apreensão domiciliar, além de 31 medidas cautelares diversas. Os mandados são cumpridos nas cidades de Rondonópolis, Campo Verde, Jaciara e Lucas do Rio Verde.
 
As investigações coordenadas pelo delegado da Derf Rondonópolis, Fábio Nahas, iniciaram no mês de agosto, identificando uma associação criminosa, liderada por um funcionário da empresa vítima. Durante os trabalhos, foram identificados pelo menos 180 furtos qualificados praticados contra empresa, entre os meses de junho a outubro deste ano.
 
Com base nas investigações, foi representado pelas ordens judiciais contra o funcionário da empresa e outros quatro integrantes do grupo, identificados nas investigações, que foram deferidas pela Justiça e cumpridas nesta quinta-feira (16). 
 
Investigações
 
Após a denúncia de desvio de mercadorias ser comunicada à Derf, foi instaurado procedimento investigativo para apurar o crime de furto qualificado pelo abuso de confiança, tendo como alvo principal o funcionário da empresa revendedora de peças automotivas, que atuava no setor de vendas no atacado.
 
Responsável pelo atendimento de grandes clientes, foi identificado que o investigado desviou, de forma premeditada e reiterada, peças e pneus, causando um prejuízo estimado em R$ 3,5 milhões para a vítima.
 
Usando da sua posição de confiança na empresa e perante os consumidores, o investigado promoveu vendas fictícias com base nos limites de crédito dos clientes, desviando as mercadorias para endereços de entrega divergentes dos mencionados nas notas fiscais. 
 
Para prática dos crimes, o investigado contou com o apoio de mais quatro suspeitos que auxiliavam na subtração das peças. Nas investigações também foram identificados receptadores das mercadorias em diversos municípios do Mato Grosso.(Assessoria | Polícia Civil-MT)

Este Portal de Notícias é uma publicação da SBC do Brasil - Agência de Notícias com o CNPJ 12.912.695/0001-67, e trata-se de uma empresa de direitos privados na área da Comunicação. INFORMAMOS a quem interessar possa, que, Todo e Qualquer Conteúdo e Imagens aqui publicados, exibidos neste portal de notícias e nesta página são de nossa inteira e total Responsabilidade.
A empresa franqueadora desta Plataforma ou a Cessionária da Rede não possuem nenhuma relação de Responsabilidade JURÍDICA para com as nossas matérias, artigos ou outras publicações. Caso haja alguma dúvida em detrimento a esta matéria ou outro conteúdo entre em Contato com a direção de nossa empresa através do E-mail 0 ou de nosso WhatsApp (65)993430927
COMO ENVIAR CONTEÚDOS
OUTROSSIM: Caso queira nos enviar qualquer conteúdo jornalístico, ele deve vir assinado por um jornalista ou o seu Autor e a(s) IMAGEM(ENS) deve estar com uma Autorização por Escrito por parte do Fotografo Autor da MESMA - Autorizando o USO (da publicação da mesma), pois, aqui respeitamos as Leis brasileiras e a Lei dos Direitos Autorais nacional e internacional.

Copyright© Todos os direitos reservados Rede SBC do Brasil - 2006 a 2918

Sites e Notícias em rede - se trata de um projeto patentiado no INPI

SBCW - Tecnologia web Agência digital