Fundada aos 14 de abril de 2006 pelo Jornalista Eraldo de Freitas - E-mails: redacao@sbcbrasil.com.br

Cidadão Repórter

(65)9966-5664
Várzea Grande(MT), Terça-Feira, 18 de Maio de 2021 - 22:11
03/05/2021 as 10:18:37 | Por Maricelle Lima Vieira | 204
PM intercepta suspeitos com 24 celulares e droga que seriam jogados em unidade prisional
O drone não foi encontrado e todo material e os criminosos foram entregues na delegacia da cidade.
Fotografo: PMMT
Eles foram interceptados após denúncia de agentes penais da Penitenciária da Mata Grande

Equipes da 14ª Companhia de Força Tática de Rondonópolis (a 212 km de Cuiabá) prenderam neste domingo (02.05) três homens por organização criminosa e tráfico de droga. Eles foram interceptados após denúncia de agentes penais da Penitenciária da Mata Grande, ao tentar jogar celulares e entorpecentes para dentro da unidade prisional.
 
Inicialmente, os agentes desconfiaram de um GM Astra prata que circulava pela área. Em diligência, o veículo foi parado e dois homens rendidos. Um deles tentou fugir, mas foi impedido.
 
Os dois confessaram que procuravam um drone utilizado minutos antes para tentar jogar droga e celulares na Penitenciária. Contaram ainda que mais dois homens em uma motocicleta ajudaram na ação criminosa.
 
Na vistoria no Astra, foram encontrados um controle e duas baterias de drone, diversos celulares, carregadores e chips – tudo embalado e amarrado em carretéis de linha e cabos de aço. Os policiais apreenderam ainda uma balança, porções de maconha, cocaína, além de um dispositivo com um botijão adaptado a um cano de metal e um compressor de ar. O material seria usado para disparar objetos na penitenciária.  
 
Dois documentos também foram localizados e seriam dos dois homens que estavam na motocicleta. Um deles foi detido logo em seguida em um hotel. O quarto suspeito não foi localizado. Ao todo, foram apreendidos 24 celulares. O drone não foi encontrado. Todo material e os criminosos foram entregues na Delegacia da cidade.  
 
Serviço
 
A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 08000.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil