Fundada aos 14 de abril de 2006 pelo Jornalista Eraldo de Freitas - E-mails: redacao@sbcbrasil.com.br

Cidadão Repórter

(65)9966-5664
Várzea Grande(MT), Sábado, 28 de Maio de 2022 - 17:08
14/03/2022 as 08:15:12 | Por Assessoria |
Lei que isenta templos religiosos e entidades filantrópicas do pagamento de água e esgoto é assinada
Um direito essencial dos templos religiosos e entidades filantrópicas foi garantido pelo Legislativo e Executivo de Cuiabá
Fotografo: Reprodução
A cerimônia de assinatura ocorreu durante o encontro do Conselho de Ministros Evangélicos Cristãos

Um direito essencial dos templos religiosos e entidades filantrópicas foi garantido pelo Legislativo e Executivo de Cuiabá, que em um esforço conjunto garantiram a isenção da tarifa de água e esgoto para essas instituições, com a lei assinada na manhã deste sábado (12).
 
Por quase duas décadas vigorou na Capital a lei que isentava as igrejas de pagamento da água e esgoto, mas uma decisão judicial derrubou a medida. O esforço do vereador Bispo Aroldo Teles (PATRIOTA), com o apoio do presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, vereador Juca do Guaraná Filho (MDB) e demais vereadores da Casa e Executivo, garantiu a regularização da lei e a volta da isenção.
 
A cerimônia de assinatura ocorreu durante o encontro do Conselho de Ministros Evangélicos Cristãos de Mato Grosso - COMEC, na Igreja Batista Nacional Casa de Missões e contou com a presença do presidente da Câmara, vereador Juca do Guaraná Filho, do prefeito da Capital, Emanuel Pinheiro, vereador Bispo Aroldo Teles, vereador Luiz Fernando (REPUBLICANOS), Pr. Fábio Senna, Pr. Osmário Daltro, dentre outras autoridades.
 
A conquista foi muito comemorada pelos líderes religiosos. O presidente da COMEC, Pr. Fábio Senna falou sobre a importância do apoio do Poder Público em causas como essa. "Essa sensibilidade dos órgãos públicos, da Câmara e Prefeitura em parceria com as igrejas só vem a agregar. Quem ganha é o povo e a comunidade" enfatiza o pastor.
 
O vereador Juca do Guaraná Filho reforçou a importância dessa lei. "É de suma importância esse projeto que vai continuar atendendo não só as igrejas, mas também os clubes de mães, creches comunitárias, orfanatos, centro comunitários, abrigo de idosos, enfim. Quero parabenizar o prefeito Emanuel Pinheiro que foi sensível e manteve o direito dessas entidades", comenta o vereador.
 
O prefeito Emanuel Pinheiro reforçou a importância de uma gestão humanizada."Somente um gestor que tem sensibilidade e humildade, que vive no meio do povo, criando pontes e não paredes nas relações institucionais é que consegue avançar e evitar que injustiças como essa não aconteçam", finaliza o prefeito.




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil