Fundada aos 14 de abril de 2006 pelo Jornalista Eraldo de Freitas - E-mails: redacao@sbcbrasil.com.br

Cidadão Repórter

(65)9966-5664
Várzea Grande(MT), Sexta-Feira, 19 de Agosto de 2022 - 14:56
27/06/2022 as 07:46:02 | Por Coluna Do Fla |
Flamengo cogita desistir de licitação do Maracanã e estuda construção de estádio próprio
Fla não esconde preferência pelo antigo ‘Maior do Mundo’, mas está descontente com o Governo do Rio
Fotografo: Gilvan de Souza/Flamengo
A diretoria rubro-negra está bastante descontente com o governo do estado

O Maracanã tem dado o que falar nas últimas semanas, por conta de briga judicial com o Vasco, que exige atuar no estádio. Atual permissionário, ao lado do Fluminense, o Flamengo está descontente com a situação e cogita ‘abandonar‘ a licitação do Jornalista Mário Filho.
 
A diretoria rubro-negra está bastante descontente com o governo do estado e com os termos já divulgados que constarão no edital, que ainda não foi lançado. O clube pretende, com isso, insistir no projeto de ter um estádio próprio. A informação foi divulgada inicialmente pelo jornal O Globo.
 
Os dirigentes do Flamengo até têm uma boa relação com Cláudio Castro, Governador do Rio de Janeiro. Entretanto, o Rubro-Negro vem tendo uma série de desentendimentos com a Casa Civil, pasta responsável pela licitação. A última delas, inclusive, foi na semana passada, quando decidiram que o Maracanã deveria ser liberado ao Vasco para a partida contra o Sport, pela Série B.
 
Importante citar que o Flamengo tem um laudo que atesta que haverá danos irreversíveis ao gramado, por conta da quantidade de jogos no local. Por isso, o Fla não esconde o descontentamento, pois há certo temor de que, no futuro, haja interferências como essa na concessão do Maracanã.
 
Somando-se a isso, o Rubro-Negro demonstra-se contrário a alguns termos do edital que direcionam a gestão do Jornalista Mário Filho compartilhada entre os três clubes: Mengo, Fluminense e Vasco. Juntando todos os fatos, a diretoria do Flamengo começa a buscar alternativas para construir o estádio próprio.
 
Nesta semana, Rodolfo Landim, presidente rubro-negro, marcou uma reunião com Eduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro. O tema é, justamente, a possibilidade de conseguir a concessão do Parque Olímpico. O intuito rubro-negro não é um estádio acima de 60 mil pessoas, como é o Maracanã.
 
Pelo contrário. O Flamengo quer que uma possível praça esportiva comporte, no máximo, 40 mil torcedores e, em casos de jogos com maior apelo, o clube carioca utilizaria o Maracanã. Nas próximas semanas, Rodolfo Landim deve viajar para encontrar investidores e estudar projetos para a construção do estádio.
 
O Mengão procura uma solução rápida para que a estrutura — ou ao menos a obra. O intuito é que uma possível ‘nova casa para o Flamengo‘ seja um legado da gestão de Landim e também de Eduardo Paes. Ambos têm mandato até 2024.(Coluna do Fla)




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil