Fundada aos 14 de abril de 2006 pelo Jornalista Eraldo de Freitas - E-mails: redacao@sbcbrasil.com.br

Cidadão Repórter

(65)9966-5664
Várzea Grande(MT), Sexta-Feira, 01 de Julho de 2022 - 16:50
20/06/2022 as 06:03:48 | Por Live Futebol BR |
Corinthians bate Goiás em casa por 1 a 0 e cola no líder Palmeiras
Time impõe seu estilo de jogo diante da torcida, e visitantes não conseguem reverter vantagem construída ainda na etapa inicial
Fotografo: RODRIGO COCA/AGÊNCIA CORINTHIANS
Fábio Santos, autor do gol do Timão, no primeiro tempo

O Corinthians venceu o Goiás por 1 a 0 na tarde deste domingo (19) pela rodada 13 das 38 do Campeonato Brasileiro 2022. O duelo foi disputado na Neo Química Arena, em São Paulo. 
 
Com o resultado, o Timão chega aos mesmos 25 pontos do Palmeiras, que, pelos critérios de desempate, segue na ponta. Já o Goiás estaciona na parte de baixo da tabela com 14 pontos, no momento do apito final, em 16º lugar.
 
O próximo compromisso do Corinthians será pelas oitavas de final da Copa do Brasil: quarta (22), às 21h30, em casa, na partida de ida contra o Santos. O time goiano também tem um clássico na igual fase da competição: contra o Atlético-GO, na quarta (22), às 19h, no Estádio Antônio Accioly, casa do rival, em Goiânia.
 
O jogo
 
Com o apoio da torcida, o Corinthians se lançou ao ataque em três tentativas nos primeiros cinco minutos. O Goiás, mais compacto defensivamente, buscava minar os movimentos dos donos da casa no meio de campo.
 
Até os 8’, o corintiano Du Queiroz era o que mais se movimentava, inclusive em infiltrações e conseguindo um escanteio para o Timão.
 
O mesmo ritmo se manteve durante toda a primeira etapa: Timão procurando sair com rapidez e o Verdão da Serra buscando armar algum contra-ataque. Assim fizeram os visitantes aos 29’ em cobrança de falta que rendeu escanteio, mas a jogada morreu nas mãos de Cássio.
 
Pior para o time goiano porque, dois minutos depois, Adson finalizou e, no rebote de Tadeu, o chute de Róger Guedes teve interceptação de braço de Caio, no entendimento da arbitragem: pênalti e cartão amarelo para Caio.
 
Aos 33’, na cobrança segura de Fábio Santos, gol do Corinthians sem chance para o goleiro goiano: 1 a 0 Corinthians.
 
Etapa final
 
Começou confusa entre arbitragem e jogadores. Os dois times voltaram a se recompor para buscar algo relevante em campo.
 
O goleiro goiano Tadeu seguia tendo trabalho nas investidas de Róger Guedes, Renato Augusto e Du Queiroz até os 15’.
 
Em ritmo mais lento, o Corinthians estudava a melhor forma de ampliar o marcador. Mas o que ganhou foi um cartão amarelo para Róger Guedes: ele reclamou de um pênalti e, como estava pendurado, desfalca a equipe contra o Santos no meio da próxima semana. 
 
Aos 17’, Pedro Raul, do time verde, até acertou cabeceio, mas Cássio pegou no meio do gol. O Goiás mexeu: Elvis entrou no lugar de Juan Pablo. 
 
O jogo, acompanhado das tribunas pelo técnico da Seleção Brasileira, Tite, permaneceu com um Corinthians empurrado pela Fiel e um Goiás sem demonstrar a força necessária para uma reação.
 
Aos 24’, uma baixa para o Corinthians: Gil sentiu dores e Bambu entrou. Aos 29’, um pênalti para o Goiás chegou a ser analisado pelo VAR, mas nada foi assinalado.
 
As equipes mexeram, inclusive com aplausos da torcida corintiana para a entrada de Fagner, após onze partidas, no lugar de Rafael Ramos, mas o placar não foi alterado: triunfo do Timão em São Paulo e frustração para a torcida do Goiás.
 
FICHA TÉCNICA
 
Corinthians 1 x 0 Goiás
Local: Neo Química Arena, em São Paulo-SP
Data e hora: domingo (19), às 16h (de Brasília)
Árbitro: Braulio da Silva Machado — Fifa (SC)
Assistentes: Alex dos Santos (SC) e Henrique Neu Ribeiro (SC)
VAR: Wagner Reway (PB)
 
Gol: Fábio Santos (Corinthians), aos 33'/1ºT
 
Cartões amarelos: Caio (Goiás), aos 31’/1ºT; Maguinho (Goiás), aos 34’/1ºT; Da Silva (Goiás), a 1’/2ºT; Róger Guedes (Corinthians), aos 12’/2ºT
 
Público pagante: 35.900
Renda: R$ 2.188.138,23
 
CORINTHIANS: Cássio; Rafael Ramos (Fagner), Gil (Robson Bambu), Raul e Fábio Santos; Cantillo, Du Queiroz e Renato Augusto (Xavier); Adson, Gustavo Mantuan (Lucas Piton) e Róger Guedes. Técnico: Vítor Pereira.
 
GOIÁS: Tadeu; Maguinho, Da Silva e Auremir (Luan Dias); Pedro Raul, Yan Souto, Caio Vinícius (Fellipe Bastos) e Diego; Vinicius, Dadá Belmonte (Pedro Junqueira) e Juan Pablo. Técnico: Jair Ventura.(Live Futebol BR)




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil