Fundada aos 14 de abril de 2006 pelo Jornalista Eraldo de Freitas - E-mails: redacao@sbcbrasil.com.br

Cidadão Repórter

(65)9966-5664
Várzea Grande(MT), Sábado, 28 de Maio de 2022 - 16:37
13/05/2022 as 14:41:07 | Por MF Press Global |
Brasil tem cerca de 72 acidentes de carro por hora
Ortopedista explica como acidentes de alta energia lesionam coluna
Fotografo: Divulgação / MF Press Global
Acidente de carro

O Registro Nacional de Acidentes e Estatísticas de Trânsito (RENAEST), da Secretaria Nacional de Trânsito, divulgou que em 2021, o número de acidentes foi de 632.764 registros. O equivalente a 72 incidentes por hora no Brasil. Os acidentes de alta energia, como os que envolvem carros e motocicletas, são um dos principais motivos de lesão na medula.
 
O médico ortopedista especialista em coluna vertebral e medicina regenerativa, Luiz Felipe Carvalho, afirmou que "esse tipo de acidente acaba fazendo uma lesão muito grande no corpo, nem tanto pela fragilidade do corpo, que é frágil também, mas, principalmente, porque é uma energia muito grande que resulta em uma fratura, em uma quebra do osso".
 
O médico explicou que em um acidente de alta energia "o osso é colocado num stress tão grande que ele quebra e muitas vezes chega a fazer uma lesão na medula."
 
Dr. Luiz explicou que as lesões medulares são de altíssimo impacto para economia de um país, por exemplo.
 
"Uma lesão medular total ou a paraplegia, ou a tetraplegia, faz com que muitas vezes a produção e a vida do paciente vá praticamente a zero. Acaba fazendo um aumento muito grande de gasto do governo em previdência, em recuperar a saúde desse doente que a gente sabe que é obrigação do governo", pontuou.
 
O especialista contou que "o lesado medular tem problemas sociais e problemas funcionais, que, infelizmente, hoje em dia não são adaptáveis da vida corriqueira".
 
Sobre o Dr. Luiz Felipe Carvalho
 
Dr. Luiz Felipe Carvalho é ortopedista especialista em coluna vertebral e medicina regenerativa. Já tratou grandes atletas como o tenista uruguaio Pablo Cuevas, o jogador de futebol Rodrigo Dourado e o Ferreirinha do Grêmio. Além do tenista Argentino naturalizado Uruguaio Pablo Cuevas que faz tratamento com célula tronco desde 2017 melhorando muito sua performance avançando no ranking desde então.
 
O Gaúcho possui um profundo conhecimento sobre os modernos procedimentos cirúrgicos da coluna vertebral e também trabalha com técnicas minimamente invasivas. É diplomado pela Academia Americana de Medicina Regenerativa (AABRM), e pelo grupo Latino Americano ORTHOREGEN. Atualmente está estruturando o serviço de Medicina Regenerativa no Blanc Hospital em São Paulo.
 
Dr. Luiz Felipe no instagram: https://www.instagram.com/dr_felipecarvalho/ 
 
Foto: Divulgação / MF Press Global




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil