Fotografo: O Tempo
...
“O sequestro ocorreu no estacionamento da Leroy Merlin e foi mostrado por câmeras de circuito interno onde Adriana passou trabalhar agora recente”

    Atualização: 09/04/2017 08:10:17         I      Atualização: 23:53    
 
Nesta sexta-feira (07/04) uma mulher de 39 anos foi rendida e sequestrada por dois homens fortemente armados, ocasião em que ela deixa o estacionamento da loja Leroy Merlin na cidade de Contagem (MG), cidade de 608.650 mil habitantes, região metropolitana de Belo Horizonte. 
 
Os serviços reservado da Polícia Militar e da Civil antissequestro trabalham no caso com cautela, mas as Polícias já prenderam dois suspeitos do crime, localizaram veículo em que a mulher conduzia, mas a vítima sequestrada ainda não a foi localizada.  A polícia procura outros suspeitos e fazem buscas em uma mata onde a mesma teria sido abandonada pelos sequestradores.
 
Segundo o delegado, o veículo é um Focus sedan, de placa HAV-2999, foi encontrado nesta na noite deste sábado (08/04) no bairro Água Branca, em Contagem. Os dois suspeitos foram presos quando levaram o carro friamente até a uma loja para instalar um som. A loja fica em frente à casa de um dos suspeitos do sequestro. 
 
No interior do veículo da sequestrada foram encontrados pertences como maquiagem e um relógio. Conforme avaliação e informação dada a Reportagem por um perito via telefone, dentro do veículo não detectaram marcas de sangue. 
 
Ouvido pela Polícia, a dupla disse que abandonou a mulher em uma mata às margens da BR-040, no sentido Sete Lagoas. A Polícia e o Corpo de Bombeiros fazem buscas no local, mas nenhum sinal nem vestígios da mulher sequestrada. 
 
Contou pessoas da família que a mulher estava saindo da loja em que trabalha e iria para a casa, mas foi abordada pelos suspeitos por volta das 20h40. Câmeras de segurança do circuito interno do estabelecimento mostram o momento em que a mulher é abordada logo após entrar em seu carro e, depois, quando ela passa pela cancela do estacionamento. Na imagem, é possível ver que a mulher está assustada e que o homem está aparentemente armado.
 
Segundo o marido da sequestrada, Marcelo Lacerda, "Estou com muito medo de algo pior ter acontecido com minha mulher. Estamos torcendo e que Deus ajude a localizar minha mulher logo, que a encontrem rápido e que ela volte para a casa e com vida", contou o marido da vítima. 
 
O marido da vítima disse que a Adriana havia sido transferida para a unidade de Contagem há cinco dias e estava fazendo horas-extras na sexta-feira, pois a mesma deveria ter deixado o trabalho às 18h, mas saiu depois das 20h. Dias antes ela trabalhava na loja do Belvedere. 
 
Por meio de nota, a Leroy Merlin informou que lamenta o fato e afirmou que "desde que tomou ciência do ocorrido vem dando apoio à família". A rede informou ainda que estão em frequente contato com a polícia e demais autoridades competentes para obter novas informações além de auxiliar e cobrar justiça das autoridades competentes para conseguir solucionar o caso quanto antes.
 
As autoridades policiais responsáveis por sequestro informou que o caso está sendo investigado e espera muito rapidamente obterem êxitos e ser elucidado.
 
Eraldo de Freitas/ Com SBC-DF