Fotografo: Secom/VG
...
A ação visa manter o aluno ocupado e com vínculo na escola

Diante da necessidade da suspensão das aulas na rede pública municipal de Várzea Grande , até o dia 30 de abril ,em decorrência da transmissão comunitária  e do avanço real de propagação do Coronavírus -Covid - 19 , a Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, por meio da Superintendência Pedagógica, elaborou vasto  material com contribuições pedagógicas destinado as famílias dos alunos com sugestões de atividades para serem executadas durante o período de isolamento social.
 
De acordo com o secretário Silvio Fidelis, é importante nesse período manter o vínculo do aluno com as unidades escolares, assim como ampliar os laços afetivos entre filhos e pais que possam destinar um tempo para colaborar com o desenvolvimento dos processos cognitivos e socioemocionais em casa com atividades do dia. “As equipes elaboraram as contribuições pedagógicas e encaminharam aos gestores das unidades para a comunidade escolar desde a Educação Infantil até os anos iniciais e finais do Ensino Fundamental” informou.
 
Fidelis acredita que nesse período que terão que passar em casa, é possível dar continuidade ao desenvolvimento de importantes potencialidades das crianças por meio de atividades lúdicas compartilhadas pelos familiares. Para crianças entre 4 e 5 anos as orientações são a organização e participação em rodas de conversa e relatos de episódios pessoais vividos em família; momentos de contação de história, dramatização, imitação e musicalização; jogos e brincadeiras, entre estas, as tradicionais como amarelinha, quebra-cabeça, esconde-esconde, cantigas de roda, cabra cega, pula corda; oficina para elaboração de brinquedos com uso de caixas de embalagens; brincadeiras que promovam atividades físicas evitando assim que a criança passe horas em frente à TV e demais aparelhos eletrônicos que favoreçam o sedentarismo.
 
Para os técnicos em Educação Infantil da Educação, passar um tempo em casa pode ser sinônimo de descanso para muitas pessoas, mas para as crianças isso significa brincar. Para brincar não é exigido um planejamento prévio, grande produção ou lugar certo. O que importante mesmo é se divertir.
 
Aos alunos dos anos iniciais do Ensino Fundamental foi indicada a elaboração de um calendário com atividades sugeridas para todos os dias da semana. Por exemplo: segunda-feira, assistir um desenho, logo após desenhar o que mais gostou no desenho, pular amarelinha, cozinhar com a família e em seguida escrever a receita produzida.
 
Aos anos finais, as sugestões para os estudantes são de: Elaborar paródias criativas com intuito de informar maneiras de higienização na prevenção contra o Coronavírus; Montar quiz de perguntas e respostas sobre a COVID-19 e as mudanças comportamentais de combate ao vírus, sobre a economia mundial, relacionando os principais eventos adiados, como, por exemplo: Fórmula 1 e Olimpíadas ou relacionar em forma de cartazes, panfletos, artigos os principais sintomas da COVID-19, Dengue e H1N1, qual o meio de transmissão de cada uma dessas doenças, e formas de prevenção; Elaborações de vídeos caseiros demonstrando como cada indivíduo em isolamento domiciliar vem realizando a higienização em sua residência entre outras.
 
O material elaborado pela equipe da Superintendência Pedagógica da Secretaria de Educação e enviado aos gestores ainda contém um caderno de Ciências destinado a alunos do 4º ao 9º ano com sugestões de atividades relacionadas ao Covid 19, outros vírus, fungos, bactérias, doenças como a dengue, AIDS e febre amarela.
 
 
 
Autor: Fred Nogueira - Secom/VG