Fotografo: Getty Images
...
O holandês, então, disse que um brasileiro foi uma grande referência durante a sua infância e acabou o auxiliando a chegar onde está hoje

No primeiro confronto entre Messi e Van Dijk pelos prêmios da última temporada, o holandês levou a melhor. O zagueiro do Liverpool superou o favoritismo do camisa 10 do Barcelona e conquistou o troféu de melhor jogador da Europa em 2018/19, concedido pela Uefa em cerimônia nesta quinta-feira, em Mônaco.
 
Ao ter seu nome anunciado, enquanto estava sentado ao lado de Messi e Cristiano, Van Dijk não escondeu a surpresa. E fez questão de agradecer a todos que fizeram parte de sua carreira ao receber o troféu, que pela primeira vez foi conquistado por um zagueiro.
 
- Eu preciso agradecer a meus companheiros, sem eles e a comissão técnica, eu não conseguiria. Tem sido uma longa caminhada, faz parte da minha jornada. Quando eu tinha oito anos, tive que trabalhar muito, estou muito feliz. Estou muito orgulhoso de receber este troféu, e dou crédito a todo mundo que me ajudou nesta caminhada.
 
O holandês, então, disse que um brasileiro foi uma grande referência durante a sua infância e acabou o auxiliando a chegar onde está hoje.
 
Van Dijk foi considerado um dos principais nomes do Liverpool na campanha de conquista da Liga dos Campeões na última temporada. Chefe da defesa dos Reds, o holandês também apareceu no ataque em momentos importantes e ostentou a estatística de não ter levado um drible sequer durante a Champions.
 
Van Dijk ao lado de Messi e Cristiano Ronaldo — Foto: Getty Images
 
Van Dijk era um estreante na briga pelo principal troféu concedido pela Uefa, que foi criado em 2010 e ficou nas mãos da dupla Cristiano Ronaldo-Messi em cinco de suas nove edições. Esta foi a primeira vez que tanto o português como o argentino não levam a premiação em dois anos consecutivos - no ano passado, quem levou foi Modric. O maior vencedor segue sendo Cristiano Ronaldo, com três troféus.
 
O top-10:
 
Van Dijk - 305 pontos
Messi - 207 pontos
Cristiano Ronaldo - 74 pontos
Mané - 51 pontos
Salah - 49 pontos
Hazard - 38 pontos
De Ligt - 27 pontos
De Jong - 27 pontos
Sterling - 12 pontos
 
A lista de vencedores do prêmio:
 
2010/11 - Messi (Barcelona)
2011/12 - Iniesta (Barcelona)
2012/13 - Ribéry (Bayern de Munique)
2013/14 - Cristiano Ronaldo (Real Madrid)
2014/15 - Messi (Barcelona)
2015/16 - Cristiano Ronaldo (Real Madrid)
2016/17 - Cristiano Ronaldo (Real Madrid)
2017/18 - Modric (Real Madrid)
2018/19 - Van Dijk (Liverpool)
 
Lucy Bronze é eleita a melhor jogadora
 
 
Entre as mulheres, a vencedora foi uma inglesa: a defensora Lucy Bronze, que superou a concorrência de duas companheiras de Lyon: a norueguesa Ada Hegerberg e a francesa Amandine Henry. Lucy Bronze se destacou na campanha que levou a equipe francesa a conquistar a quarta Liga dos Campeões consecutiva.
 
A defensora não esteve na cerimônia em Mônaco, nesta quinta-feira, por conta de compromissos com a seleção inglesa. Ela enviou um vídeo agradecendo a escolha.
 
- Tivemos uma temporada fantástica, conquistando o título. Eu acho que qualquer uma das minhas companheiras poderia estar recebendo este troféu hoje - disse Lucy.