Fotografo: Antara Foto/Asep Fathulrahman / via Reuters
...
Corpos de vítimas do Tsunami são recolhidos na Indonésia

 
 
 
A Indonésia informou nesta segunda-feira (24) que subiu para 281 o número de mortos no tsunami causado pelas atividades do vulcão Anak Krakatoa.
 
Os feridos são 1.016 e ainda há cerca de 57 desaparecidos.
 
De acordo com as equipes de resgate, foram destruídas mais de 600 casas e nove hotéis. Ao todo, há 12 mil pessoas desabrigadas. Como o vulcão continua dando sinais de erupção, as autoridades temem que novas ondas gigantes apareçam.
 
O problema é que a Indonésia não conta com um sistema de alarme para tsunamis provocados por vulcão, somente para os de terremoto, o que dificulta a prevenção de tragédias como a ocorrida na noite de sábado (22). O porta-voz para a agência de gestão de desastres na Indonésia, Sutopo Purwo Nugroho, disse também que o alarme de terremoto instalado em algumas das áreas afetadas pelo tsunami "não funciona desde 2012", por falta de recursos, problemas técnicos e vandalismos.
 
A situação expõe os riscos da Indonésia, um dos países localizados no chamado Círculo de Fogo do Pacífico, uma das regiões do planeta Terra onde há grande incidência de terremotos, vulcões e tsunamis.