Fotografo: Sicom
...
A homenagem é uma iniciativa do senador Wellington Fagundes e do deputado federal Emanuel Pinheiro Neto

O prefeito Emanuel Pinheiro participa nesta sexta-feira (05), de uma sessão solene para comemorar os 300 Anos de Cuiabá. A homenagem é uma iniciativa do senador Wellington Fagundes e do deputado federal Emanuel Pinheiro Neto. O ato será realizado no plenário do Senado Federal, às 10 horas.  
 
No requerimento apresentado, os parlamentares observaram que Cuiabá está recebendo projetos de infraestrutura que contribuirão para esse novo perfil, proporcionando mais qualidade de vida aos seus moradores e visitantes. Entre eles, está a revitalização do Mercado do Porto, inspirado no Mercado Municipal de São Paulo, a construção de parques, e o Cais do Porto.
 
A Capital de Mato Grosso foi fundada no dia 8 de abril de 1719. “Cuiabá tem uma rica história, com belezas naturais incríveis, um povo bonito e trabalhador. E, ao completar 300 anos, assume o perfil de cidade moderna, com uma população de mais de 600 mil habitantes. É centro político, administrativo, econômico e de serviços do Estado”, disse o senador Wellington Fagundes.
 
“É preciso manter vivas as tradições, seu patrimônio histórico e cultural tão fundamentais para a formação da identidade deste povo”, acrescentou o deputado federal Emanuel Pinheiro Neto.
 
“Poder celebrar os 300 Anos de história da nossa cidade junto ao Congresso Nacional é motivo de muito orgulho, além também de grande satisfação em receber esse reconhecimento como a cidade que vem crescendo e ganhando espaço entre as capitais brasileiras. Estou muito feliz com tamanha honraria prestada a nossa terra. Iremos celebrar os avanços e conquistas da cidade que é considerada a “capital inteligente” do País”, pontuou Pinheiro.  
 
Durante todo mês de abril, seguindo até o final de maio, a Prefeitura irá realizar mais de 100 ações, em diferentes áreas, em comemoração aos 300 anos da cidade. De acordo com o prefeito, a programação alusiva ao tricentenário é extensa e diversificada, contemplando desde o lançamento de programas sociais e ferramentas de serviços públicos até a entrega e lançamento de novas obras.