Fotografo: Lucas Merçon/Fluminense FC
...
Goleiro está suspenso voluntariamente por resultado em teste feito em jogo contra o Atlético Nacional

O goleiro Rodolfo, do Fluminense, foi flagrado em exame anti-doping - há a suspeita de uso de cocaína. O teste foi feito pela equipe de controle de dopagem da Conmebol no jogo do Tricolor contra o Atlético Nacional, no Maracanã, em 23 de maio, pela Sul-Americana. Na ocasião, o goleiro ficou no banco por ser reserva de Agenor.
 
Após a publicação da reportagem, o Fluminense divulgou a seguinte nota, em que informa que Rodolfo abre mão do exame de contraprova - o que indica que ele assume a culpa:
 
"O Fluminense Football Club informa que o goleiro Rodolfo Alves de Melo foi flagrado no exame antidoping após a partida Fluminense x Atlético Nacional (COL), pela Sul-Americana, realizada em 23 de maio de 2019 no Maracanã. O clube e o atleta já realizaram uma reunião e uma petição foi apresentada à Conmebol, onde o jogador abriu mão da contraprova se colocando suspenso voluntariamente, para se dedicar exclusivamente à sua defesa. O Fluminense já colocou seu Departamento Jurídico à disposição do jogador que, por norma legal, teve o contrato de trabalho suspenso. A instituição dará todo o suporte necessário ao atleta."
 
O protocolo do Código Mundial Antidopagem de 2015 estabelece que o atleta é suspenso preventivamente. Ele também é comunicado primeiramente e tem prazo de até cinco dias para solicitar o exame da contraprova. Caso não o faça, aceita o resultado do teste inicial.
 
Rodolfo teve no passado recente um problema por uso de cocaína. Em 2012, ele foi flagrado quando atuava pelo Athletico-PR e foi suspenso por dois anos.
 
Desde que foi contratado pelo Fluminense, em fevereiro de 2018, não se furtou de falar do caso. Em recente entrevista, disse estar livre do uso da droga desde 2014, quando teve a pena reduzida e voltou a jogar futebol.
 
 
Rodolfo começou a temporada como titular de Fernando Diniz. Porém, perdeu a posição para Agenor na vitória por 4 a 1 sobre o Cruzeiro, em 18 de maio, pelo Brasileirão.