Fundada aos 14 de abril de 2006 pelo Jornalista Eraldo de Freitas - E-mails: redacao@sbcbrasil.com.br

Cidadão Repórter

(65)9966-5664
Várzea Grande(DF), Quinta-Feira, 21 de Janeiro de 2021 - 15:37
14/01/2021 as 08:14:09 | Por Lislaine Dos Anjos, Midia News | 146
“Quem faz política chapa-branca também deve sair do MDB”
Deputada convidou prefeito a deixar a sigla após ser chamada de "vaquinha presépio" pelo colega
Fotografo: Assessoria
O prefeito Emanuel Pinheiro: racha no MDB continua

O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) rebateu a deputada estadual Janaina Riva, que o acusou de fazer uma “leitura equivocada” do resultado das eleições de 2020 e de não ser uma liderança, convidando o gestor a deixar o partido.
 
“Faço o mesmo convite a ela e a todos aqueles que estejam dando as costas para o povo. Não estou preocupado em dar as costas para esse ou aquele político que não tem sintonia com as ruas”, disse.
 
“Todos aqueles que dão as costas para o povo, que praticam a política de gabinete, de governismo e chapa-branca, sem se preocupar com a população, que viram as costas para os servidores públicos e praticam o toma lá, dá cá, também estão convidados a sair do MDB”, completou Emanuel.
 
As declarações do prefeito foram dadas na saída do evento de posse de Neurilan Fraga como presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), nesta quarta-feira (13).
 
Ele ironizou ainda, a fala da deputada, que disse que ele não tem mais ambiente para permanecer no partido, afirmando que foi escolhido pelo povo, que não mais quer apoiar “políticos de gabinete, de toma lá, dá cá, que não dão as costas para a população”.
 
“Quem tem espaço é quem foi eleito prefeito nas duas últimas eleições. Não é deputada nenhuma que vai dizer quem tem espaço. Quem diz quem tem espaço é o povo. E o povo já se manifestou nas eleições. Disseram quem eles escolhem como líderes, quem eles querem fortalecer”, disse.
 
Segundo Emanuel, o seu papel dentro do MDB é de resgate da essência do partido.
 
“É por isso que ganhei as eleições, [por estar] sintonizado com o povo, com as ruas, que é o que a população quer. E é para esse campo que quero trazer novamente o velho MDB de guerra que Carlos Bezerra sempre representou”, afirmou.
 
Briga no MDB
 
Emanuel e Janaina têm trocado farpas desde as eleições municipais, quando a deputada rompeu politicamente com o prefeito, que tentava a reeleição, e decidiu apoiar o seu adversário, Roberto França (Patriota), como candidato ao Palácio Alencastro.
 
A briga teve início após o pai de Janaina, ex-deputado José Riva (sem partido), afirmar em acordo de delação premiada, que Emanuel, quando deputado estadual, recebeu um total de R$ 2,4 milhões de propina entre 2011 e 2015. Em resposta, o prefeito chamou Riva de “bandido e leviano”.
 
Na semana passada, Emanuel afirmou que deputados do MDB - entre eles Janaina - que votaram pelo fim do VLT agiram como "vaquinhas de presépio" do governador Mauro Mendes (DEM).




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil