Fotografo: José Wallison/Assessoria
...
A proposta é de autoria do presidente da Casa, vereador Fábio José Tardin - Fabinho (DEM)

Com 18 votos favoráveis, foi aprovado na sessão ordinária desta quarta-feira (28.08) o Projeto de Lei n° 125/2019 de autoria do presidente da Câmara Municipal de Várzea Grande, o vereador Fábio José Tardin – Fabinho (DEM) que cria o programa educativo “Aluno-Vereador” no legislativo várzea-grandense. A proposta segue para sanção do Poder Executivo.
 
Conforme o parlamentar, o programa é destinado aos alunos das escolas cadastradas, que estão matriculados no nível fundamental e médio da rede pública ou particular. “O objetivo é aproximar a Câmara Municipal dos nossos alunos e despertar neles o princípio da cidadania e da democracia”, disse Fabinho.
 
Consta do PL, que as escolas podem se inscrever na Câmara Municipal ou pelo site institucional da Casa de Leis. “Os alunos poderão criar os próprios Projetos de Leis. Iremos premiar de forma simbólica os estudantes que conseguirem criar uma proposta que se torne uma Lei Municipal”, destaca Tardin.
 
Conforme a proposta, as despesas da lei serão custeadas pelo Legislativo. Votando a favor do Projeto de Lei, o presidente da Comissão de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, o vereador Ícaro Reveles, destaca é importante ter os alunos dentro da Câmara e conhecer o processo legislativo.
 
“Tentamos implantar isto anteriormente. É importante ter estudantes dentro desta Casa de Leis, para conhecer a competência de cada âmbito político. Precisamos ter estas iniciativas para levar este conhecimento para as escolas, para que futuramente tenhamos eleitores conscientes e uma sociedade mais politizada”, defende Reveles.