Fotografo: Davi Valle
...
“As pessoas têm que conscientizar que não é brincadeira". É feio!

Gloriete Custódio de Queiroz, 57 anos, moradora do bairro Parque Atalaia, é a primeira paciente por Covid-19 internada no Hospital São Benedito e que recebeu alta médica, na tarde desta terça-feira (16), após 7 dias de internação. A saída dela da unidade de saúde foi marcada por muita comemoração junto à equipe de profissionais.
 
No hospital, onde precisou ficar na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) por conta da dificuldade em respirar, Gloriete recebeu tratamento de qualidade e humanizado. “O atendimento aqui foi nota 10 da hora que eu cheguei até a hora em que estou saindo. Fez muita diferença. Se uma enfermeira toca em mim é uma luva. Se ela cuida de outro, é outra luva”, relata.
 
Segundo Gloriete, desde o início da pandemia, ela estava tomando os cuidados necessários para prevenção da doença, mas aponta que o mesmo não ocorreu por parte de seus vizinhos. “Eu já vi na minha própria rua o pessoal fazendo festa. Ninguém com máscara!”, conta. Ela alerta àqueles que ainda não se deram conta da gravidade do problema para que evitem aglomerações e cuidem dos mais idosos, uma vez que o sistema de saúde corre o risco de colapsar, gerando falta de vagas de UTI para quem vier a precisar. “As pessoas têm que conscientizar que não é brincadeira. É feio! O que eu passei não desejo nem pro meu pior inimigo”, afirma.
 
Para o diretor da Empresa Cuiabana de Saúde Pública, Alexandre Beloto, o sucesso no tratamento da paciente reflete o cuidado e o comprometimento da gestão Emanuel Pinheiro frente à pandemia. “O Hospital São Benedito faz parte do Plano de Mitigação de Cuiabá contra a Covid-19 e atua como suporte ao Hospital Referência, que já atua próximo de sua capacidade máxima. E o tratamento de sucesso da nossa primeira paciente, que hoje está indo de alta médica, demonstra, sobretudo, que o cuidado humanizado que foi desenhado de forma técnica e criteriosa pelo prefeito Emanuel Pinheiro junto ao Comitê de Combate à Covid-19 está dando certo. Para todos nós que fazemos parte desse time, que está em linha de frente contra essa terrível doença, é gratificante e emocionante cada alta médica”, completa Beloto. Cuiaba oferta ainda atendimento no Hospital de Referência, com 55 leitos de UTIs, para atendimento exclusvo às vítimas de Covid.
 
 
 
 
 
 
CELLY SILVA E OZIANE RODRIGUES