Fotografo: Divulgação
...
A ideia do preso era ganhar cerca de 120 mil por mês com o aluguel dos quartos

 
A ideia do preso era ganhar cerca de 120 mil por mês com o aluguel dos quartos. O caso aconteceu dentro da Penitenciária Odenir Guimarães, no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, na capital de Goiás.
 
A construção foi iniciada no fim de 2015 e estava em fase de acabamento, mas o “motel” foi descoberto pela Superintendência de Administração Penitenciária que mandou destruir.
 
O “dono do empreendimento”, o traficante preso Thiago César de Souza, de 32 anos, esperava arrecadar R$ 120 mil por mês com o “aluguel” das quitinetes íntimas. O motel custou cerca de R$ 200 mil, sendo R$ 120 mil para a compra de materiais de construção e R$ 70 mil para o pagamento de propinas.