Fotografo: Davi Valle
...
Prefeito Emanuel Pinheiro durante o evento de lançamento do Saberes da Terra

Como está a realidade da agricultura familiar? Está fácil viver no campo? É possível melhorar? Quais serviços podem ser ofertados pela prefeitura para incrementar e fortalecer esse segmento? Esses foram alguns dos questionamentos feitos pelo prefeito Emanuel Pinheiro durante o evento de lançamento do Saberes da Terra, realizado na manhã do último sábado (03), no distrito do Aguaçu. O evento é fruto de parceria entre Prefeitura de Cuiabá, Sindicato dos Trabalhadores Rurais e Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer). 
 
Mais de 200 representantes da agricultura familiar pertencentes a região Norte, contemplando Distrito da Guia e Aguaçu participaram do evento Saberes da Terra, que teve como objetivo dar vez e voz aos trabalhadores do campo que conhecem as reais necessidades do setor e promovem a agricultura familiar.  
 
“Com essa visão altamente social e de integração, fiz questão de estar presente nesse primeiro encontro do Saberes da Terra, para demonstrar a parceria que a gestão Emanuel Pinheiro quer fazer com o homem e a mulher do campo. Além de firmar um elo com o Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Empaer, Conab e demais instituições necessárias, para promover avanços e evoluções que a administração municipal possa fazer para melhorias e novos investimentos no setor”, disse o prefeito Emanuel Pinheiro.
 
A secretária municipal de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Débora Marques agradeceu o prefeito pela confiança e apoio para realização desse importante encontro voltado para a agricultura familiar. “Quando assumi a pasta, o prefeito pediu prioridade para a agricultura familiar. A partir de então, iniciamos um levantamento para identificar as principais demandas, dentre elas a carência de associações e cooperativas organizadas, o que dificulta maior acesso do poder público em trazer novos investimentos e incremento de novos recursos”, declarou a secretária.
 
Diante desse cenário é que resolvemos elaborar o Saberes da Terra, contou Débora. “Foram efetuados os cadastros dos pequenos produtores no Cadastro Único. Com esse levantamento exato será mais fácil saber que tipo de serviço poderá ser ofertado e melhor aproveitado nessa comunidade do Distrito do Aguaçu”, salientou.
 
Para o administrador regional do Aguaçu, Paulo Peixe esse foi um momento ímpar para o setor da agricultura. “Só uma gestão humanizada e que se preocupa com todos os setores, de forma igualitária é que consegue realizar um encontro como esse. Tenho certeza que o momento agora é de colheita e novos investimentos. Estou muito satisfeito. Isso demonstra e respeito e comprometimento com quem trabalha e produz”, reforçou.
 
 “A gestão Emanuel Pinheiro quer estar ao lado da Agricultura Familiar, sendo parceira, pois respeita e acredita no trabalhador rural. Onde tiver um morador, lá estará a prefeitura. Essa administração está trabalhando para melhorar e aproximar a prefeitura, demonstrando ser uma administração da cidade e do campo, e do campo e da cidade a fim de estimular a sucessão familiar, o empreendedorismo e dizer que no meio rural ainda é possível prosperar”, finalizou Pinheiro.  
 
Uma segunda edição já está marcada para o dia 31 de agosto, quando o debate será levado à região Sul, incluindo o Cinturão Verde, Coxipó do Ouro e Formosa.