Fundada aos 14 de abril de 2006 pelo Jornalista Eraldo de Freitas - E-mails: redacao@sbcbrasil.com.br

Cidadão Repórter

(65)9966-5664
Várzea Grande(DF), Domingo, 29 de Novembro de 2020 - 16:03
20/11/2020 as 10:48:50 | Por Adriana Assunção, VG Notícias | 252
Prefeito eleito de VG diz que não pretende “vender DAE”, mas que fará ajustes na autarquia
Kalil disse que a princípio não tem esta pretensão. “Eu não tenho essa pretensão hoje. Vamos avaliar, mas eu não tenho a ideia formada de ‘vender’ o DAE”
Fotografo: João Vieira
O prefeito eleito de Várzea Grande, Kalil Baracat (MDB)

O prefeito eleito de Várzea Grande, Kalil Baracat (MDB) em entrevista ao “VG Notícias no Ar” declarou que a falta de água no município foi maior este ano, por conta da estiagem e em razão da pandemia Covid-19, que exigiu mais consumo nos lares várzea-grandenses.
 
“Nós temos dificuldades, não podemos negar, tanto é que tivemos uma seca atípica e com a pandemia, onde aumentou o consumo de tudo, não podemos desconhecer isso. Foi consumida mais energia, mais crianças dentro de casa e não é só em Várzea Grande que isso acontece”, relatou o emedebista.
 
Kalil afirmou que a prefeita Lucimar Campos (DEM) já tomou medidas para resolver o problema e apresentou seus projetos para resolver 100% do problema de água no município nos quatro anos de mandato.
 
“Já deu ordem de serviço para uma nova estação de tratamento no Cristo Rei, que vai atender 100 mil pessoas, 72 bairros e as outras duas estações que temos atende o restante da cidade. Está sendo construído, em parceria com a iniciativa privada, lá no Chapeu do Sol, mais uma estação de tratamento na qual o DAE vai assumir e atender aquela região”, ressaltou.
 
O prefeito eleito ainda acrescentou que irá aumentar a capacidade do reservatório da região do São Mateus, o que irá permitir atender os bairros, Marajoara, Itororó, Paiaguas, parque Sabiá, Novo Mundo e o próprio São Mateus. "Vamos produzir mais de um milhão de litros por segundo. Acho que com isso a gente resolve. Tem um compromisso nosso, que fiz aqui, nesses quatro anos de mandato resolver 100% da água na cidade”, garantiu Kalil.
 
Questionado sobre a possibilidade de privatizar o Departamento de Água e Esgoto (DAE/VG), Kalil disse que a princípio não tem esta pretensão. “Eu não tenho essa pretensão hoje. Vamos avaliar, mas eu não tenho a ideia formada de ‘vender’ o DAE. Com as medidas que estão sendo tomadas eu acredito que a gente consegue resolver o problema da água. Ajustes dentro da autarquia nós vamos ter que fazer sim”, encerrou.




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil