Fotografo: PCMG
...
Cerca de 70 celulares foram apreendidos na loja do suspeito

 
 
 
A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) apresentou, na tarde desta sexta-feira (31), os resultados da investigação que resultou na prisão de Tiago Dias Toledo pelo crime de receptação qualificada. Ele é suspeito de participar de um esquema de receptação de aparelhos celulares vendidos na loja da qual é proprietário, em um shopping popular de Belo Horizonte. O homem foi preso em flagrante, na última segunda-feira (27), e vários objetos foram apreendidos, como cerca de 70 celulares, carcaças e peças de aparelhos telefônicos.
 
As apurações da PCMG apontam que do total de celulares apreendidos, 10 aparelhos são derivados de furtos e roubos. Levantamentos estão sendo feitos para identificar a procedência dos outros materiais. Segundo as investigações, o suspeito, ainda, foi reconhecido por duas vítimas como sendo o acusado de roubo de dois telefones.
 
O delegado responsável pela operação, Thiago Machado, acredita que o suspeito possa ter vitimado outras pessoas pelo mesmo crime, porém a dificuldade de identificar esse público, é que, na maioria das vezes, não é realizado o boletim de ocorrência dos furtos e roubos dos aparelhos. “Por isso, é importante que as vítimas façam o registro desse tipo de crime”, pontua.
 
Delegado Thiago Machado explica que 10 aparelhos já foram identificados como sendo produtos de crime