Fundada aos 14 de abril de 2006 pelo Jornalista Eraldo de Freitas - E-mails: redacao@sbcbrasil.com.br

Cidadão Repórter

(65)9966-5664
Várzea Grande(DF), Terça-Feira, 20 de Abril de 2021 - 20:43
07/04/2021 as 14:25:26 | Por Raquel Teixeira | 424
Polícia Civil prende em flagrante suspeito que mantinha relação com criança de 11 anos
Homem de 22 anos mantinha encontros com a menina, que saía à noite da casa dos pais, aproveitando que estavam dormindo
Fotografo: Polícia Civil-MT
A mãe da vítima procurou a delegacia da Polícia Civil

Um homem de 22 anos foi preso em flagrante pela equipe da Polícia Civil de Campo Novo dos Parecis (396 km a noroeste de Cuiabá) por estupro de vulnerável praticado contra uma criança de 11 anos.
 
A mãe da vítima procurou a delegacia da Polícia Civil nesta terça-feira (06) e relatou que estava desconfiada de que algo havia ocorrido com a menina, que foi flagrada chegando escondida em casa durante a madrugada, aproveitando o momento em que os pais estavam dormindo. A menina confessou à mãe que havia escondido a chave de casa para poder sair quando todos estivessem dormindo e que estava se encontrando com um homem mais velho, desde o mês de dezembro do ano passado, inclusive mantendo relação sexual.
 
Além das informações prestadas, a mãe da criança apresentou ao delegado Honório Gonçalves Neto, bilhetes que o suspeito havia enviado à vítima, marcando encontros com a menia durante a noite, em horários em que os pais da garota estavam dormindo.
 
Com base nas informações relatadas, a equipe da delegacia realizou diligências e identificou o suspeito, que foi preso em flagrante.
 
O delegado Honório Neto também representou à Justiça pela prisão preventiva do suspeito.
 
A menina terá acompanhamento especializado e fará depoimento sem dano, conforme previsto na Lei 13.431/2017, que trata do sistema de garantia de direitos da criança e do adolescente vítima ou testemunha de violência e estabelece, entre outros critérios, a realização de oitiva de criança ou adolescente vítima ou testemunha de violência perante autoridade policial ou judiciária, sem a necessidade de repetir o procedimento, evitando assim a revitimização.




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil