Fotografo: Marcos Vergueiro Secom-MT
...
Os dois contratos foram assinados há mais de seis anos e retomados no primeiro semestre do ano pelo Governo do Estado

As obras de pavimentação do trecho de 41 quilômetros da MT-110 e a revitalização de parte da MT 270, no Sudeste de Mato Grosso, aguardadas pela população dos municípios de Guiratinga (326,9 km de Cuiabá) e Tesouro (374 km da Capital) serão, enfim, concluídas ainda em 2019. Os dois contratos foram assinados há mais de seis anos e retomados no primeiro semestre do ano pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra).
 
A finalização dos trabalhos significará, conforme moradores da região, o desenvolvimento de setores econômicos como o agronegócio e o turismo.
 
O governador Mauro Mendes enfatizou que a concretização da pavimentação do trajeto da MT-110 servirá para tirar a localidade do ostracismo.
 
“O asfalto é um sonho antigo dessa região, que apesar de importante estava esquecida há anos. Neste ano vamos completar os 41 quilômetros de asfalto entre Guiratinga e Tesouro criando a possibilidade de chegar futuramente até a cidade de Alto Garças”, argumentou ele.
 
O chefe do Executivo mato-grossense conferiu de perto o andamento das obras na região na quinta-feira (12.09) com o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, equipe técnica da Sinfra, prefeitos das regiões beneficiadas e parlamentares estaduais. Na ocasião, assinou a ordem de serviço para dar início à construção de uma ponte de 60 metros sobre o rio Batovi, no entorno de Tesouro.
 
De acordo com o titular da Infraestrutura, a população de Guiratinga e de Tesouro espera pelo asfaltamento da rodovia, que liga as duas cidades, há cerca de 80 anos, desde a emancipação dos municípios.
 
“Esse trecho é o início da interligação da BR-364 com a BR-070. Com isso, nós vamos desbravar uma parte de Mato Grosso que está há muitos anos esquecida. Vamos garantir o direito de ir e vir do cidadão e melhorar para o escoamento de toda a produção dessa região, facilitando ainda o transporte via os terminais ferroviários tanto de Itiquira, Alto Taquari e Alta Araguaia”, detalhou Marcelo de Oliveira.
 
O prefeito de Guiratinga, Humberto Domingues, conhecido como Humberto Bolinha, referendou o posicionamento do governador e do secretário de Infraestrutura acrescentando que o asfaltamento da MT-110 abrirá caminho para que a rodovia seja levada até a BR-070. No entanto, ele diz que o trabalho dos prefeitos da região continuará no intuito de levar o asfalto da região de Guiratinga até Alto Garças, situada a pouco mais de 90 quilômetros do município.
 
“Com a pavimentação de todo o trecho, chegando à BR-364, essa estrada vai se transformar num corredor para o transporte de grãos, que favorecerá o setor produtivo e toda a população de Guiratinga e Tesouro”, afirmou ele.
 
Obras na região
 
A obra de pavimentação da MT-110, no trecho compreendido entre o entroncamento de Guiratinga (MT-270) a Tesouro (MT-260) foi retomada pela Sinfra no primeiro semestre de 2019 e já conta com mais de 70% do previsto no projeto executado. São 41,4 quilômetros de asfalto e os serviços no local já estão na fase de implantação da capa asfáltica.
 
Além desse contrato, também foi retomado e está em andamento nessa localidade os serviços de revitalização da MT-270, no trecho de Rondonópolis (MT-130) a Guiratinga (MT-110). A obra está com mais de 60% de execução, num total de 62 quilômetros. Os dois contratos fazem parte do programa Pró-Concreto e fazem parte do pacote de 114 ordens de serviço emitidas pelo governador do Estado em março desse ano.
 
O reinicio dos trabalhos nessas cidades vem agradando moradores da região, que estão mais esperançosos com a possibilidade das cidades de Guiratinga e Tesouro reviver ao menos parte do crescimento registrado a partir da década de 1930, quando as cidades atraiam pessoas de vários locais do país em busca de ouro e diamante.
 
Fomento à economia
 
A comerciante Guilhermina Cunha, que tem uma loja de artigos para presentes ao lado da igreja principal de Guiratinga, é uma das moradoras que acreditam que a pavimentação até o município vizinho pode fomentar a economia local, principalmente o turismo e o agronegócio.
 
“Esse asfalto é uma realização de um sonho antigo, que vai favorecer quem vive tanto em Guiratinga, como também em Tesouro, devido à proximidade com a BR-070. Vai beneficiar ainda produtores que têm seus imóveis rurais nessa região, pecuaristas e agricultores. Tem ainda o turismo também será fomentado. Em Tesouro tem o Festival de Praia, no rio Garças, que vem gente do Brasil inteiro, e triplica a população na localidade”, ponderou ela.
 
Para população em geral, ela afirma que tanto o asfaltamento até Tesouro, como a revitalização da MT-270, chegando a Rondonópolis, trará melhorias principalmente para quem precisa buscar tratamento de saúde fora dos municípios.
 
“Com essa estrada boa até Rondonópolis muitas vidas podem ser salvas, porque muitas vezes as pessoas que moram aqui e em Tesouro precisam se deslocar rapidamente para ter atendimento médico. Assim com pouco mais de uma hora estarão lá”, conclui ela.