O Milagre da Manjedoura em que recebeu o salvador jamais esquecido


"O menino que nascia com a promessa de se-lo o Redentor da humanidade vive presente até hoje em nossos corações"

O NATAL Publicada: 18/12/2016 12:35:15 Autor: Da Redação
Foto: SBCWArt
SBCWArt.

Todos os cristãos sentem atração pela manjedoura de Belém nesta época do ano. Na verdade a manjedoura e seu precioso Ocupante estão entre as mais carinhosas lembranças de nossa infância. E, à medida que a relembramos no decorrer dos anos a atração sempre aumenta. Naquela noite o local onde se encontrava a manjedoura foi palco de alguns milagres maravilhosos...

O Milagre de Um Mundo Preparado para a Vinda do Messias.        Provavelmente não houve nenhum período na história do mundo que fosse mais adequado para o nascimento do Messias. Sem dúvida, foi a providência divina que preparou o mundo para este acontecimento tão importante.

O desenvolvimento de um sistema de estradas foi um grande passo.

Augusto tinha um interesse especial em estradas e fez com que a manutenção das mesmas fosse uma responsabilidade do império... A razão para tal interesse é bastante óbvia. Isto não só facilitaria o movimento rápido de tropas para atividades políticas ou operações militares, como também a transmissão de informações através do correio oficial, iniciado por Augusto. As possibilidades de espalhar o Evangelho proporcionado por este método rápido e seguro de viagem foi grandemente explorado pelos cristãos primitivos...

O uso que os mercadores fizeram das estradas para obterem vantagens financeiras, os cristãos fizeram por causa do Evangelho anunciado pelo Messias. A disseminação do cristianismo teria sido inconcebível caso Jesus tivesse nascido meio século antes. Na época em que Ele nasceu, o mundo experimentava um período de paz sem paralelo na história.

As nações estavam unidas sob o mesmo governo.

Através do paganismo, Satanás desviara por séculos os homens de Deus. Porém nessa época, os sistemas pagãos iam perdendo o domínio sobre o povo. Os homens estavam cansados de aparências e fábulas. Ansiavam uma religião capaz de satisfazer a alma.

Embora a luz da verdade parecesse afastada dos homens, haviam almas ansiosas de luz, cheias de perplexidade e dor. Tinham sede do conhecimento do Deus vivo.

A Grécia também contribuiu muito no preparo do mundo para a primeira vinda do Messias. Talvez sua contribuição mais importante tenha sido a língua grega. Ela estava disseminada de modo tão amplo que atuava quase como uma língua universal.

A língua grega não pode ser separada do pensamento grego. Os poetas eram os teólogos daqueles dias. O povo derivava suas ideias a respeito dos deuses e suas atividades das poesias e contos homéricos.

Indiretamente, portanto, esta popularização da mitologia teológica era uma preparação para a pregação do Evangelho. O mundo também estava maduro espiritualmente falando. Assentados "na região da sombra da morte" os homens encontravam-se sem consolação. Com olhares ansiosos, aguardavam a vinda do Libertador, quando as trevas seriam dispersas, e claro se tornaria o mistério do futuro.

A humanidade, que fora degradada através dos séculos, pedia a vinda do Redentor. Aquela Manjedoura também presenciou o Milagre da Encarnação. Não podemos explicar o portentoso milagre da encarnação do Filho de Deus. Sabemos que Jesus tomou sobre Si a humanidade, para que Ele pudesse alcançar e salvar o pecador. Mas não podemos explicar como a divindade revestiu-Se com a humanidade.

Um anjo não saberia como simpatizar-se com o homem caído. Portanto, Cristo veio ao mundo e sofreu todas as nossas dores e tentações. Este foi um inexplicável milagre operado pelo amor de Deus. Também está além do alcance de nossa compreensão o grande milagre da humilhação. Cristo não poderia vir a esta terra com a glória que Ele possuía nas cortes celestiais...

Os seres pecaminosos não suportariam Seu resplendor. Ele velou Sua divindade com as vestes da humildade. Porém, ao ressurgir da tumba e ser entronizado novamente no Céu, Ele reassumiu a glória que possuía desde toda a eternidade com o Pai. Este milagre está descrito de forma mui bela em Filip. 2:7-11...

A Humilde Manjedoura também foi palco do milagre de Algumas Testemunhas. Estiveram ali algumas testemunhas humildes - os pastores.

Eles creram na mensagem trazida pelos anjos.

Foram a Belém em busca do Menino. Achando-O, divulgaram o maravilhoso milagre. O testemunho deles foi tão convincente que "todos os que ouviram se maravilharam" Luc. 2:18. O milagre da manjedoura também foi presenciado por testemunhas importantes - os sábios. Eles vieram em busca de luz...

A luz de Deus está sempre brilhando entre os homens. Os sábios puderam ver a glória do Criador, na criancinha de Belém. Por isso, ao se acercarem da manjedoura "prostrando-se, O adoraram" Mat. 2:11.

Através da humilde aparência exterior de Jesus, reconheceram a presença do Rei dos reis. Então, apresentaram suas dádivas... (Mat. 2:11). Finalmente a manjedoura de Belém Presenciou o Milagre do cumprimento das Profecias.

De Belém dissera o profeta: "De ti Me há de sair Aquele que há de reinar em Israel, e cuja geração é desde o princípio, desde os dias da eternidade" Miq. 5:2. O lugar do nascimento do Messias fora profetizado. Mas não há lugar para Ele na apinhada hospedaria. Num rústico rancho em que se abrigam os animais, finalmente José e Maria encontraram abrigo, e ali nasce o Redentor do mundo! Isaías havia profetizado que o Messias seria da linhagem de Davi...Leia Isaias 11:1.

Lemos em Mateus capítulo 1 que esta profecia se cumpriu. O profeta Isaías também viu qual seria a missão de Jesus... Ler Isa. 53:6... Através dos Evangelhos podemos ver o cumprimento miraculoso desta e de muitas outras profecias feitas com relação ao Messias.

Conclusão:

Sim, naqu--ela noite muitos milagres foram realizados.

O nosso Deus é um Deus que operou e ainda opera milagres.

O maior milagre que Ele deseja operar é que Cristo renasça em nosso coração.

Ao meditarmos nos milagres realizados na manjedoura, permitamos que Deus opere este milagre em nossos corações.

Comentários

Comente está notícia:

Entrar na Rede SBC Brasil