Fotografo: Reprodução/Twitter
...
Uma semana depois do resto do elenco e na data anunciada por sua assessoria como combinada com clube

 
Em meio a especulações sobre sua mudança de equipe para a próxima temporada europeia, Neymar se reapresentou ao Paris Saint-Germain na manhã desta segunda-feira. Como revelou o canal RMC Sports, o jogador chegou ao centro de treinamento do clube francês por volta de 4h (de Brasília, às 9h local). Segundo o jornal madrileno As, o craque deve ter uma reunião com o diretor de futebol Leonardo até o fim do dia.
 
Há uma semana, o PSG emitiu um comunicado oficial afirmando que Neymar não se reapresentou no prazo, junto ao restante do elenco. O pai do craque e sua assessoria reagiram dizendo que os diretores estavam cientes que o atacante só voltaria a Paris nesta segunda, por causa dos compromissos comerciais do fim de semana passado, em seu instituto, em Praia Grande. Na ocasião, Leonardo disse que iria "tomar medidas" por causa do atraso.
 
- Ele marcou compromissos com seu instituto e patrocinadores. Mas essas não foram datas combinadas com o clube. Ele jogou sua última partida no dia 6 de junho. As férias dele foram até 8 de julho. Ainda assim, ele não veio - afirmou o diretor esportivo.
 
 
Nesta segunda, o PSG faz um treino, sem acesso de jornalistas. O time se prepara para o primeiro amistoso de pré-temporada, diante do Dynamo Dresden, na Alemanha, nesta terça-feira. Nas imagens divulgadas pelo PSG em uma rede social após a chegada de Neymar, o brasileiro não aparece treinando ao lado dos demais companheiros.
 
Depois da partida de terça, está previsto que o técnico Thomas Tuchel conversará com os jornalistas, e os jogadores também. O tema Neymar certamente aparecerá nas questões, depois do período de férias em que veio à tona seu suposto desejo de retornar ao Barcelona.
 
Neymar passou seu período de férias o Brasil, depois de ser cortado da disputa da Copa América com a seleção brasileira por causa de uma lesão no tornozelo direito. Na semana passada, apareceu em vídeos jogando futevôlei. No último sábado, o astro afirmou que está "quase 100%" e chegou a ir a campo no torneio de futebol de 5 realizado em seu instituto.
 
Em entrevista durante o evento, uma declaração sua não caiu bem na França: de que a sua melhor lembrança num vestiário tinha sido depois da remontada que liderou pelo Barcelona contra o PSG. Seu pai afirmou no domingo que Neymar diz isso há anos e que não foi falta de respeito ao clube francês.
 
Enquanto isso, o Barcelona observa a situação de longe. O presidente do clube catalão, Josep Maria Bartomeu, chegou a dizer que "Neymar quer deixar o PSG, mas o PSG não quer vendê-lo", não chegando a descartar a negociação. O clube de Paris, por sua vez, afirmou que o Barça fez contato, segundo Leonardo.