Fotografo: ALEX LIVESEY/GETTY IMAGES
...
A disputa judicial entre o Barcelona e o atacante Neymar, do Paris Saint-Germain, terminou nesta sexta-feira (19)

A disputa judicial entre o Barcelona e o atacante Neymar, do Paris Saint-Germain, terminou nesta sexta-feira (19). O clube espanhol anunciou que o brasileiro precisará devolver 6,7 milhões de euros (cerca de R$ 40 milhões) para o seu ex-time.
    
A batalha judicial entre Neymar e o Barça começou quando o brasileiro se transferiu ao Paris Saint-Germain, em 2017. O atacante acionou a Justiça contra o time catalão para receber quase 30 milhões de euros, quantia referente ao bônus pela renovação de contrato com a equipe espanhola, em 2016.
    
Toda a confusão começou há quatro anos, quando Neymar estendeu seu contrato com o Barcelona até 2021, com um bônus a ser parcelado em duas partes. A primeira fatia havia sido paga, mas o clube exigiu a restituição do valor pelo fato de o atleta ter mudade de equipe.
    
Em nota, o Barcelona celebrou o resultado da disputa judicial.
    
Além disso, revelou que defenderá "com fevor" caso o atacante brasileiro recorrer da decisão.
    
"O Barcelona expressa sua satisfação com o veredicto anunciado hoje pelo Tribunal Social 15 em relação ao processo envolvendo o Barcelona e o jogador Neymar em relação ao valor do bônus de assinatura na renovação final do contrato do jogador", escreveu o time espanhol.
    
Neymar atuou em quatro temporada pelo Barcelona. Com a camisa da equipe catalã, o brasileiro anotou 105 gols em 186 jogos, além de ter conquistado 10 títulos.