Fotografo: Produção
...
Jovem foi condenada a sete anos de prisão; caso aconteceu no Cazaquistão

Em Taraz, no Cazaquistão, uma mulher roubou um recém-nascido da maternidade e vendeu a criança por cerca de R$ 8 mil. Duas horas após o sequestro, o bebê foi encontrado pela polícia e a mulher foi condenada a sete anos de prisão.
 
Segundo o site Daily Mail , a responsável pelo crime foi Asel Zhapanova, 22 anos. Enquanto a mãe a mãe da criança estava na cantina do hospital e a cuidadora em uma ligação no celular, a jovem se aproveitou e roubou o recém-nascido .
 
Assim que a cuidadora percebeu o que havia acontecido, acionou a polícia. Ao checar as câmeras de segurança, descobriram que Asel colocou o bebê em uma bolsa e foi embora pela passagem de serviço. Os funcionários do hospital relatam que liberaram a entrada da jovem no local, pois ela havia dado à luz na maternidade há poucas semanas.
 
A polícia descobriu que Asel estava em um hotel próximo dali. Chegando ao local, encontraram o bebê, a jovem e os compradores. O  recém-nascido foi entregue à mãe e os adultos foram presos imediatamente.  “O estado de saúde do bebê estava bom, ele não corria perigo físico. Ele já está com sua mãe”, diz a nota da polícia para a imprensa local.