Fotografo: Solon Soares/Agência AL
...
Deputada Luciane Carminatti (PT)

 
 
 
Uma força-tarefa foi recomendada pela deputada Luciane Carminatti (PT) para agilizar a ajuda aos municípios catarinenses atingidos pela chuva. Na sessão desta quarta-feira (7), a parlamentar propôs a criação de uma Comissão de acompanhamento da Assembleia Legislativa para articular a busca de recursos estadual e federal e auxiliar na recuperação da infraestrutura dos municípios e no apoio às famílias prejudicadas.
 
"A intenção é unir o parlamento catarinense para que tenhamos mais força junto aos governos e aos ministérios. Há muitos estragos em todas as regiões, e os municípios não têm como esperar pela liberação de recursos. Precisamos agir imediatamente", enfatiza Luciane.
 
A deputada aponta as consequências que a forte chuva já causou em 90 municípios, atingindo cerca de 29 mil pessoas - 21 mil estão desalojadas, conforme dados divulgados nas últimas horas. Mais de 8 mil residências foram impactadas, e 2,3 mil catarinenses estão em abrigos.
 
"São inúmeros os registros de alagamentos, deslizamentos, rodovias interditadas e tantos outros transtornos, principalmente nas regiões Oeste, Vale do Itajaí e Planalto Serrano. Embora a previsão é de que a chuva diminua nas próximas horas, a situação ainda é de alerta, pois o solo continua encharcado e os rios subindo", avalia.
 
De acordo com a parlamentar, outra preocupação é com a safra de produtos da agricultura, pois estima-se que a chuva impeça a colheita de 350 mil sacas de soja e 250 mil sacas de feijão, especialmente no Oeste e Planalto Norte catarinense. "O grande volume de água deve interferir também na produção de verduras, milho e no pasto, além de afetar a cadeia leiteira. As famílias agricultoras ficam com enorme prejuízo e lá na ponta o aumento dos preços também prejudica o consumidor", comenta.
 
Luciane deve articular a criação da Comissão parlamentar até a próxima semana, para então fazer o diagnóstico das necessidades em cada região e ir em busca dos recursos. "Tenho certeza que juntos poderemos fazer mais pelos nossos municípios e pelo povo catarinense da cidade e do campo", conclui.