Fundada aos 14 de abril de 2006 pelo Jornalista Eraldo de Freitas - E-mails: redacao@sbcbrasil.com.br

Cidadão Repórter

(65)9966-5664
Várzea Grande(DF), Terça-Feira, 20 de Abril de 2021 - 20:25
23/03/2021 as 15:01:03 | Por Rafael Medeiros | 655
Juca apresenta proposta para que templos religiosos sejam reconhecidos como atividades essenciais
O pedido foi feito após uma série de reuniões com pastores, membros de igrejas evangélicas, sacerdotes e representantes de outras religiões
Fotografo: Secom / CMC
Presidente da Câmara de Cuiabá, Juca do Guaraná Filho (MDB)

O presidente da Câmara de Cuiabá, Juca do Guaraná Filho (MDB), apresentou um anteprojeto ao prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) que torna igrejas e os templos religiosos como atividades essenciais, em Cuiabá. O pedido foi feito após uma série de reuniões com pastores, membros de igrejas evangélicas, sacerdotes e representantes de outras religiões.
 
Segundo a proposta, fica vedada a determinação de fechamento total desses locais. O presidente comenta que as igrejas estão seguindo as recomendações de biossegurança e têm um papel essencial neste período de pandemia do coronavírus.
 
“Diante das diversas manifestações e desejos de pastores e fiéis que estiveram na presidência da Câmara pedindo que as igrejas possam ficar abertas neste momento, resolvi fazer essa proposta ao prefeito. Vale lembrar que neste período, a fé exerce papel importante para equilíbrio psicoemocional da população. Os templos ainda têm um papel de confortar e dar esperança aos fiéis, além de dar um aconselhamento individual, oração, doação de alimentos, cultos, missas e outras atividades que contribuem com o fortalecimento da fé e equilíbrio emocional das pessoas”, disse o presidente.  
 
O pastor da Igreja Batista da Paz, Jairo Ishikawa, foi um dos pastores que esteve no gabinete do presidente Juca do Guaraná solicitando esse pedido. O líder religioso garantiu que dentro dos templos todas as medidas e recomendações de biossegurança estão sendo obedecidas. 
 
“As igrejas estão seguindo as recomendações com bastante rigor e bastante zelo, não só dentro da igreja, que a gente diminuiu praticamente 50% dos bancos, com distanciamento entre as pessoas, uso de álcool gel, sanitização e medição de temperatura na porta da igreja, estamos cumprindo o papel com bastante zelo, mas não só o papel de cuidar ali, mas de informar também, que é muito importante", frisou. (Rafael Medeiros / Câmara de Cuiabá)
 
 
 
 
 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil