Fotografo: Divulgação/Midia News
...
A Polícia Militar solicitou as imagens de segurança para ajudar nas investigações

Um homem, de identidade não revelada, se passou por policial e estuprou uma garota de programa na noite de quarta-feira (25), em Barra do Garças (a 516 km de Cuiabá).
 
Conforme o boletim de ocorrência, a vítima relatou que marcou o encontro com o suspeito pelo Whatsapp, cobrando o valor de R$ 250.
 
Ainda segundo a garota de programa, ela não sabia a identidade do cliente e marcou o encontro em um motel da cidade.
 
No local, o suspeito, em posse de uma faca, começou a ameaçar a vítima, afirmando que era policial e que “iria matá-la se não transasse com ele”.
 
Na sequência, o homem tirou a roupa da vítima a força e a estuprou sem usar preservativo, fugindo em seguida e deixando-a no quarto.
 
A Polícia Militar foi acionada e solicitou as imagens das câmeras de segurança do motel para ajudar na identificação do suspeito.
 
A Polícia Civil do Município segue investigando o caso, porém até o momento o suspeito não foi detido.
 
 
 
Autor: Vitória Gomes, Midia News