Fotografo: Reprodução / Record TV Minas
...
A morte aconteceu durante a comemoração de aniversário de 45 anos da vítima

Foi enterrado, neste domingo (1°), o corpo do homem que foi morto e decapitado, na cidade de Frutal, na região do Triângulo Mineiro, a 628 km de Belo Horizonte. Após cometer o crime, o suspeito teria caminhado até a casa de uma tia carregando a cabeça da vítima em uma das mãos.
 
A morte aconteceu durante a comemoração de aniversário de 45 anos da vítima, Fernando Gomes Ferreira, em uma chácara. M. H. M. S., de 20 anos, foi apontado como o possível autor do assassinato. Os dois eram colegas de trabalho e teriam se desentendido durante a festa.
 
Testemunhas relataram à polícia que o aniversariante teria atingindo M. H. M. S. com um tapa no rosto e o jovem, revoltado, teria tirado a vida de Ferreira.
 
De acordo com a PM (Polícia Militar), o corpo da vítima foi deixado na calçada de um pátio da prefeitura. Em seguida, o suspeito do assassinato teria ido até a casa de uma tia, que fica a 200 metros de distância, segurando a cabeça de Ferreira, que foi arrancada.
 
Ainda segunda a corporação, no local, o jovem teria tentado tirar a própria vida. M. H. M. S. foi socorrido e levado para o Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triangulo Mineiro, onde está internado sob escolta policial.
 
A família de Ferreira se despediu dele no velório municipal e não quis gravar entrevista. A Polícia Civil investiga a motivação do crime.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Pablo Nascimento, do R7, com Adriana Bernardes, da Record TV