Fotografo: Ednei Rosa/Secom-Câmara de Cuiabá
...
Câmara Municipal de Cuiabá

Criada pela atual administração da Câmara Municipal de Cuiabá, a Coordenadoria de Comissões Permanentes está a cargo da advogada Fabiana Orlandi, servidora efetiva da Casa. Nesta semana, ela apresentou um balanço das atividades desenvolvidas pelo setor nestes primeiros seis meses de funcionamento, e projetou expectativas positivas para o restante do biênio.
 
A nova coordenadoria nasceu para dar suporte técnico aos vereadores que compõem as Comissões Permanentes desta Casa Legislativa. São mais de 15 comissões, divididas por área de competência, visando abranger as diversas atividades desenvolvidas pela sociedade no dia a dia da cidade.
 
A coordenadoria é composta por um corpo jurídico formado por advogados, auxiliados por técnicos. O trabalho consiste em analisar os projetos de lei tanto os produzidos pelos vereadores quanto pelo Executivo. “Com isso, a tramitação adquiriu maior fluidez”, avaliou a Coordenadora.
 
Neste primeiro semestre, foram realizadas as 61 reuniões programadas. A CCJR – Comissão de Constituição Justiça e Redação, agendou suas reuniões para as quartas-feiras, às 10:30 e recebemos 904 processos, deste total, 856 referentes ao ano de 2019, “analisamos 700 projetos, um aproveitamento de mais de 70%”, pontuou.
 
A Coordenadora explicou ainda que com a nova estrutura que está sendo providenciada a Coordenadoria terá condições de não só melhorar sua atuação, como também expandir atividades. “Projetamos realizar audiências públicas no âmbito das comissões, mas diferente do que acontece no Plenário. As comissões vão ter a oportunidade de debater de forma mais minuciosa com a sociedade aquilo que se está propondo, antes de levar ao Plenário para votação”.
 
 
 
Etevaldo de Almeida | Câmara Municipal de Cuiabá