Fotografo: Divulgação
...
O recurso foi bem aceito pela população

 
 
 
O Fiscalizap, ferramenta para assistência de ocorrências de trânsito da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) já registrou 600 atendimentos em seus dois primeiros meses. Lançado pelo prefeito Emanuel Pinheiro em abril passado - como parte das comemorações aos 299 anos de Cuiabá, o recurso foi bem aceito pela população. Entre os atendimentos, os que se destacam são os pedidos de fiscalização de estacionamento, sinalização viária, dúvidas sobre legislação de trânsito e sugestões.
 
O secretário municipal de Mobilidade Urbana, Antenor Figueiredo, credita a aceitação do Fiscalizap à facilidade e proximidade que o aplicativo WhatsApp nutre entre o cidadãoe a gestão pública. “Qualquer pessoa que tenha um celular pode ter contato direto com os nossos servilços por meio desse instrumento. Basta que usuário seja adepto à rede social em questão e salve o nosso número entre os seus contatos. Essa ferramenta facilitou muito a nossa comunicação com a população, que tem enviado suas sugestões e solicitações", conta o secretário, Antenor Figueiredo.
 
Com o Fiscalizap, a população pode participar ajudando a Semob a supervisionar situações que afetem o trânsito. O denunciante tem a opção de ligar ou enviar mensagens, que são prontamente atendidas pelo Centro de Controle de Mobilidade Urbana (CCMOB) da Secretaria.
 
Segundo o Diretor de Trânsito, Michell Diniz, o principal objetivo deste novo instrumento é envolver a sociedade na fiscalização do trânsito. “O Fiscalizap traz agilidade nas soluções recorrentes ligadas à mobilidade urbana da nossa cidade. A população sentia falta dessa interação com a Semob e esse mecanismo veio para suprir essa necessidade", afirmou o gestor, que ainda pontuou que a plataforma é uma aliada na prestação do serviço público, não sendo usada de forma alguma na aplicação de multas. “O Fiscalizap é uma ferramenta para interação, sendo um auxílio para nossos agentes de trânsito na fiscalização e no desfecho das denúncias efetivadas”, completa o Diretor Michell Diniz.
 
Como funciona
 
Com a denúncia em mãos, os agentes da CCMOB identificam o condutor proprietário responsável pela irregularidade, por meio da foto da placa do veículo. A informação é cruzada com o banco de dados da pasta, que reúne todos os detalhes necessários. A partir disso, os agentes entram em contato com o contribuinte identificado na base cadastral e tomam todos os procedimentos administrativos legais para garantir a retirada do veículo em situação irregular. Para contatar a Semob via WhatsApp, adcione o número (65) 99235-6950 aos contatos. Os atendimentos são realizados das 06:00 às 00:00 horas.