Fundada aos 14 de abril de 2006 pelo Jornalista Eraldo de Freitas - E-mails: redacao@sbcbrasil.com.br

Cidadão Repórter

(65)9966-5664
Várzea Grande(MT), Sexta-Feira, 24 de Setembro de 2021 - 23:53
20/04/2021 as 17:39:21 | Por IG Último Segundo | 919
Fazendeira desaparecida é encontrada dentro de cobra píton
Animal tinha aproximadamente sete metros de comprimento e apresentava dificuldades para se locomover
Fotografo: Reprodução/ YouTube
Mulher dada como desaparecida é encontrada dentro de cobra píton

Na Indonésia , na ilha de Muna, a fazendeira Wa Tiba, de 54 anos, foi dada como desaparecida após ter seu corpo engolido por uma cobra píton na última sexta-feira (16). As informações foram apuradas pelo Metro World News.
 
Segundo informações do The Washington Post, a mulher foi até sua plantação de milho , que fica a cerca de 800 metros da sua residência na noite de quinta-feira passada (15). A fazendeira se preocupava com os javalis que estavam entrando na plantação.
 
Região tinha penhasco e cavernas a sua volta, local onde píton são encontradas com frequência. Quando a família notou pelo seu não retorno na manhã seguinte, resolveram ir atrás dela e somente um par de chinelos, uma lanterna e um facão foram encontrados. Tiba foi a segunda vítima encontrada dentro de uma cobra píton em mais um de um ano.
 
Cerca de 100 pessoas da aldeia de Persiapan Lawela se dividiram para procurar a fazendeira e no decorrer da busca, encontraram uma cobra píton inchada, parecendo ter consumido algo grande. Animal tinha aproximadamente sete metros de comprimento e apresentava dificuldades para se locomover.
 
Os moradores mataram a cobra e ao abri-la, se depararam com o copo de Tiba com a mesma roupa que havia saído no dia anterior em que foi dada como desaparecida.
 
É valido ressaltar que essa cobra normalmente, prefere se alimentar de mamíferos menores e atacam humanos raramente. Vítima, provavelmente já estava sem vida antes de ser engolida, pois, a píton imobiliza sua presa com uma morada e em seguida, percorre seu corpo ao redor da vítima, aperta sua circulação sanguínea até que ela pare e seja impossibilitada de respirar.




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil