Fotografo: Agência Brasil
...
O ministro Edson Fachin

 
 
 
Jornal GGN - O ministro Edson Fachin prometeu, na quinta (29), que as primeiras ações da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal serão julgadas ainda neste semestre. A declaração foi feita durante um evento em comemoração ao aniversário de Rondinha, no Norte do Rio Grande do Sul. 
 
“Prosseguindo o trabalho à luz das garantias processuais dos direitos fundamentais, mas fazendo a operação ter o seu ritmo normal”, disse, segundo relatos do Estadão.
 
Fachin ainda aproveitou o discurso para defender que o Poder Judiciário "pode dar uma contribuição para que todos os poderes e instituições atravessem a atual crise", escreveu o jornal.
 
“Quando o Poder Judiciário é chamado a se manifestar, é necessário encontrar o equilíbrio entre um protagonismo exagerado e uma omissão cega, para fazer uma intervenção legítima, desde que seja possível e permitida pelo texto constitucional”, disse ele.
 
O magistrado ainda defendeu os três pilares da Lava Jato: execução da pena depois da condenação em segunda instância, a delação premiada como meio de obtenção de provas e a as prisões preventivas e temporárias.
 
O ministro, que declarou à imprensa estar preocupado com a segurança da família, foi escoltado por integrantes da Brigada Militar do Rio Grande do Sul e da Polícia Federal.