Fundada aos 14 de abril de 2006 pelo Jornalista Eraldo de Freitas - E-mails: redacao@sbcbrasil.com.br

Cidadão Repórter

(65)9966-5664
Várzea Grande(DF), Domingo, 29 de Novembro de 2020 - 15:59
18/11/2020 as 13:43:31 | Por Rojane Marta/VG Notícias | 146
Emanuel Pinheiro está entre os dez candidatos do Brasil que mais impulsionaram campanha no Facebook
Facebook é o quarto maior fornecedor das campanhas eleitorais de 2020: R$16.606.672,87
Fotografo: Assessoria
O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB)

O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) está entre os dez candidatos do Brasil que mais impulsionaram suas campanhas no primeiro turno das eleições de 2020 por meio da ferramenta Facebook. As informações constam das estatísticas da Justiça Eleitoral.
 
Conforme consulta feita pela reportagem, neste primeiro turno, que ocorreu em 15 de novembro, o Facebook lucrou, até o momento, pois ainda não foi divulgada prestação final dos candidatos, o importe de R$16.606.672,87. Ao todo, foram fornecidos 9417 serviços de impulsionamento pela rede social e o aplicativo é o quarto maior fornecedor da campanha eleitoral do primeiro turno de 2020.
 
A maior utilizadora da plataforma foi à candidata da prefeita de Fortaleza (CE), deputada federal Luizianne de Oliveira Lins (PT), que investiu R$ 381 mil, com 33 impulsionamentos. A petista não conseguiu se eleger, ficando em terceiro lugar ao alcançar 227.470 votos. Na cidade foram para o segundo turno: Sarto (PDT) e capitão Wagner (PROS).
 
O segundo da lista é Arthur Moledo do Val (Patriota) – popularmente conhecido pelo seu pseudônimo “Mamãe Falei”, que disputou a Prefeitura de São Paulo (SP), mas não obteve êxito, ficando em quinta colocação ao atingir 522.210 votos. Arthur investiu R$ 255 mil com sete impulsionamentos.
 
A terceira da lista é Cristina Pereira Monteiro (Novo) que disputou o cargo de vereadora em São Paulo (SP). Ela investiu R$195.097,31 com oito inserções. Cris Monteiro, como é conhecida fez 18.085 votos e foi eleita.
 
Já a Direção Municipal/Comissão Provisória do PP de Florianópolis (SC), aparece na quarta posição, com investimento de R$ 172.335,00.
 
O candidato a prefeito de Sorocaba (SP), Rodrigo Maganhato (Republicanos), que foi para o segundo turno para disputar com Jaqueline Coutinho (PSL), investiu R$163.000,00 com 17 impulsionamentos. Ele obteve 116.020 votos no primeiro turno.
 
O sexto da lista é Milton Leite da Silva (DEM), candidato a vereador em São Paulo (SP), eleito com a segunda maior votação, 132.716 votos. Segundo dados da Justiça, ele investiu R$ 153.000,00 com seis impulsionamentos.
 
Rodrigo Santana Valadares (PTB), que disputou a Prefeitura de Aracaju (SE), não obtendo êxito, ao atingir 28.598 votos e ficar na terceira colocação, investiu R$ 140 mil, com um total de quatro postagens impulsionadas.
 
Em oitavo lugar aparece Francislene Assis de Almeida Correa, ela disputou, sem sucesso, a Prefeitura de Guarulhos (SP). Ela ficou em terceiro lugar com 60048 votos e investiu R$ 140 mil.
 
O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), que busca à reeleição e foi para o segundo turno para disputar com Abílio Junior (Podemos), investiu R$ 113.750,00 na mídia social e ficou em nono lugar do ranking.
 
Em décimo, aparece o candidato a prefeito de Manaus (AM), David Antônio Abisai Pereira de Almeida (Avante), que disputará o segundo turno com Amazonino Mendes (Podemos). David alcançou 218.929 votos no primeiro turno e investiu R$110 mil com o Facebook.




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil