Fundada aos 14 de abril de 2006 pelo Jornalista Eraldo de Freitas - E-mails: redacao@sbcbrasil.com.br

Cidadão Repórter

(65)9966-5664
Várzea Grande(DF), Terça-Feira, 20 de Abril de 2021 - 20:02
04/03/2021 as 10:48:45 | Por Lidiana Cuiabano | 516
Detran-MT orienta candidato a primeira habilitação a buscar autoescolas com sistema de telemetria
O sistema de telemetria foi implantado nos veículos de mais de 300 autoescolas de Mato Grosso
Fotografo: Carolina Alonso/Detran-MT
O sistema de telemetria foi implantado nos veículos de mais de 300 autoescolas de MT

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT) orienta os cidadãos que forem iniciar as etapas para a obtenção da primeira habilitação a procurar pelas autoescolas credenciadas junto ao órgão que possuem o sistema de telemetria.
 
Segundo o presidente do Detran-MT, Gustavo Vasconcelos, com a telemetria o candidato tem maior segurança de que a carga horária das aulas práticas será cumprida em sua totalidade.
 
“As aulas que forem realizadas sem o sistema de telemetria, futuramente, poderão ser invalidadas pelo Detran, acarretando prejuízos financeiros ao candidato e sua família, além da necessidade de refazer as aulas; pois o controle eletrônico implantado pelo Detran-MT atende a uma portaria do Departamento Nacional de Trânsito ”, explicou Vasconcelos.
 
A modernização das etapas para formação de condutores em Mato Grosso atende às normas de implantação do sistema de monitoramento e controle estabelecidas na portaria n° 238/2014 do Denatran, que regulamenta o sistema eletrônico de recepção dos relatórios de aulas práticas elaboradas pelos instrutores de trânsito. 
 
O sistema de telemetria foi implantado nos veículos de mais de 300 autoescolas de Mato Grosso. A telemetria permite o monitoramento das aulas práticas utilizando a validação por foto e biometria do instrutor e candidato, além de localizadores de GPS instalados nos veículos das autoescolas para constatar o percurso realizado pelo aluno.  
 
Antes da implantação do sistema de monitoramento, todo o controle era realizado em fichas de papel, o que fragilizava o controle de aulas, facilitando as fraudes.
 
CNHs canceladas
 
Somente nos anos de 2019 e 2020, o Detran-MT cancelou 205 habilitações e instaurou 403 processos administrativos, todos provenientes de fraudes ocorridas antes do início do monitoramento de aulas.
 
“Os processos instaurados também são investigados na esfera criminal, portanto, além da perda da CNH, os candidatos também poderão responder à justiça se comprovada a fraude”, explicou o diretor de Habilitação do Detran-MT, Alessandro de Andrade.  
 
O diretor comenta ainda que o monitoramento interno dos veículos por meio da telemetria também contribui para a segurança pessoal dos candidatos. “Antes recebíamos vários relatos de casos de assédio a meninas durante os percursos das aulas práticas, por exemplo. Agora, com as aulas sendo monitoradas, inibimos esse tipo de comportamento”, observou.
 
Para o presidente do Detran-MT, Gustavo Vasconcelos, a implantação do sistema de telemetria é uma forma de controle que o Detran tem para constatar a qualidade da aula que está sendo ministrada, podendo acompanhar, em tempo real, onde o veículo está, quem está dirigindo, quem é o instrutor e o tempo de duração da aula.
 
“O Detran-MT está investindo em tecnologias que possibilitará que os processos com monitoramento sejam mais ágeis e menos burocráticos, uma vez que o acompanhamento é realizado a cada etapa por servidores do Detran. Os processos sem o monitoramento representam retrocesso à toda tecnologia atual e os tornam muito mais morosos, já que o processo físico, em papel, precisa juntar toda a documentação necessária e protocolar no Detran para então ser auditado”, completou Vasconcelos. 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil