Fotografo: Assessoria
...
Candidato a prefeito por Cuiabá, Emanuel Pinheiro (PMDB)

 
Se os pés sujos de lama são a alegoria dos desbravadores, os mesmos revelam os traços da face humana do candidato a prefeito por Cuiabá, Emanuel Pinheiro (PMDB). Interessado na descoberta das necessidades vividas pelos moradores do bairro Cohab São Gonçalo, o peemedebista meteu literalmente os “pés na lama”. No melhor dos sentidos e calçado de boas intenções, a rua sem asfalto foi o percurso que o levou até o singelo pedido de dona Eda Pereira.
 
“Alguém que olhe para nós pobres. É disso que precisamos!”. A sentença veio acompanhada da troca de olhares, proporcionada pelo corpo a corpo das caminhadas. É esta a grande oportunidade que os moradores possuem para entregarem a pauta de reivindicações das comunidades diretamente nas mãos do próprio candidato. No caso desta terça-feira (20), a principal cobrança apresentada por parte dos mais de 4.800 moradores do bairro- segundo o último Censo em 2010 - é por mais saneamento básico e asfalto.
 
Aos 62 anos, dos quais os últimos 19 vividos na Cohab São Gonçalo, dona Eda ressaltou a importância da existência de projetos destinados à terceira idade, como a Lei de autoria de Emanuel, que destina 10% das casas construídas pelo governo para os idosos. “Queremos que existam médicos no Programa Saúde da Família (PSF) do bairro. O que precisamos é exatamente isso. Queremos ser tratados com respeito e dignidade pela administração pública. Só isso!”, exclamou.
 
Entre as propostas apresentadas aos moradores por Emanuel está a continuidade do programa de asfaltamento de ruas e avenidas dos bairros da Capital, inicialmente chamado de Poeira Zero e denominado pela atual gestão como Novos Caminhos. Além disso, o candidato falou sobre a saída da CAB Ambiental de Cuiabá, deixando as soluções para a qualidade dos serviços de água e esgoto a encargo de apontamento, por meio de uma consultoria independente que será contratada pelo novo prefeito.