Fundada aos 14 de abril de 2006 pelo Jornalista Eraldo de Freitas - E-mails: redacao@sbcbrasil.com.br

Cidadão Repórter

(65)9966-5664
Várzea Grande(DF), Terça-Feira, 20 de Abril de 2021 - 18:56
04/03/2021 as 08:36:02 | Por Secom Câmara Municipal | 339
Câmara aprova projeto que prevê punições a quem descumprir medidas contra covid
A proposta foi votada em regime de urgência especial e recebeu 20 votos favoráveis e um contrário
Fotografo: Secom Câmara Municipal de Cuiabá
A fiscalização competirá aos servidores públicos de carreira de regulação e fiscalização

A Câmara Municipal de Cuiabá aprovou, na sessão extraordinária desta quarta-feira (03.03), o Projeto de Lei enviado pelo Executivo municipal que dispõe sobre penalidades para quem descumprir as medidas contra a covid-19.
 
A proposta foi votada em regime de urgência especial e recebeu 20 votos favoráveis e um contrário. Houve ainda uma abstenção e duas ausências. 
 
O projeto fixa penalidades que vão desde advertência, multas que variam de R$ 3 mil a R$ 60 mil, suspensão imediata da atividade ou evento e interdição temporária por 90 dias do estabelecimento ou atividade. 
 
De acordo com a proposta, o valor da multa vai depender da gravidade da infração detectada pelo agente público no ato da fiscalização e também fatores como situação econômica e grau de instrução do infrator, quantidade de pessoas presente no local, eventual reincidência na prática da infração e desrespeito ou desacato a autoridade administrativa, quando no exercício das atribuições previstas no projeto.
 
Ainda segundo a propositura, os valores arrecadados com as multas aplicadas deverão ser utilizados em ações e serviços de saúde e assistência social.
 
A fiscalização competirá aos servidores públicos de carreira de regulação e fiscalização, com apoio operacional da Polícia Militar e de agentes municipais da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana e da Vigilância Sanitária.
 
Na sessão, por maioria, os parlamentares seguiram os pareceres da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) que rejeitou três emendas apresentadas à proposta.
 
Secom Câmara Municipal de Cuiabá
 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil