Fundada aos 14 de abril de 2006 pelo Jornalista Eraldo de Freitas - E-mails: redacao@sbcbrasil.com.br

Cidadão Repórter

(65)9966-5664
Várzea Grande(DF), Quinta-Feira, 21 de Janeiro de 2021 - 15:12
14/01/2021 as 10:50:00 | Por O Documento | 162
Bezerra culpa Emanuel por atrito com MDB e considera críticas sobre deputados como erro político
Para o deputado, prefeito deu sinais que iria deixar o partido e deu afirmações inadequadas sobre o deputados da legenda
Fotografo: Christiano Antonucci
Deputado federal Carlos Bezerra (MDB)

“O Emanuel ficou de falar comigo e não me procurou até hoje. Estou aguardando os acontecimentos, está tudo paralisado aqui, vamos deixar passar a eleição da presidência da Câmara, mês que vem vamos tratar disso”, disse o deputado federal Carlos Bezerra (MDB), presidente do partido no Estado, a jornalistas nesta quarta-feira (13), depois de reunião com o governador Mauro Mendes (DEM), no Palácio Paiaguás.
 
Desde final do ano passado, a deputada estadual Janaína Riva e o advogado Francisco Faiad disputam a condição de presidir o Diretório do partido na Capital. “O partido não está discutindo isso agora. O partido está aguardando, com a cabeça fria, e futuramente vai resolver essa questão. Vai depender muito da posição do Emanuel Pinheiro. Qual é a disposição dele, ficar no partido, sair do partido, nós não sabemos. Deixa dúvida a respeito disso”, afirmou.
 
“Ele não conversou até agora a respeito disso. Houve um bombardeio do pessoal dele depois da eleição em cima do partido. Esse bombardeio deu sintomas de que ele ia sair. Tomamos uma posição dentro do partido, já prevendo a saída dele, agora ele volta atrás, diz que não quer sair, quer marcar para conversar, mas não conversamos até hoje”, argumentou.
 
“Nós estamos aguardando, o problema não partiu do partido. Deveriam é estar feliz porque ganharam a eleição. Houve um tiroteio inoportuno. Agora vamos esperar baixar a poeira para ver o que vamos fazer”.
 
Sobre o fato de o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, ter considerado os deputados da bancada emedebista da Assembleia Legislativa de vaca de presépio, devido a questão de mudança do modal de VLT para BRT, Bezerra disse que “isso não está correto, fere a dignidade dos deputados. Isso politicamente não é adequado, politicamente é um erro”.




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil